Ficha Corrida

15/03/2015

PSDB tripudia sob proteção da mídia

pedro simon e yedaAh! eu sou gaúcho! É o Rio Grande velho de guerra fazendo história. Como diz nosso hino, sirvam nossas “patranhas” de modelo a toda terra. Jorge Pozzobom teve um acesso de sinceridade e resolveu registrar no Facebook o que sempre dizemos porque sabemos. A RBS sempre deu proteção a corruptos. Quando não, lançou os próprios. Como na propaganda dos salgadinhos, só não sei se eles aprenderam corrupção na RBS e vieram praticar na política partidária, ou foi a política partidária deles, ainda funcionários, que os tornaram célebres e celebrados na RBS.

A ex-governadora e funcionária da RBS, Yeda Crusius, teve proteção mafiosa da RBS. Mesmo tendo feito o pior governo da história do RS, a RBS sempre a tratou com deferência. Escalou Antonio Britto e Pedro Simon para darem uma mão. Pedro Simon, o político mais inútil que este estado já teve, e olha que há tantos inúteis concorrendo, foi ao Piratini dar sua proteção mafiosa aos Operadores da Rodin. Lá estavam todos do PP que agora estão na Lava Jato. Só mal informados e mal intencionados ainda não entenderam que é a proteção midiática que forma a quadrilha.

OBScenas: Dona Yeda e seus dois “maridos”. É por isso que no RS, o PSDB tripudia para cima dos gaúchos que, como um manada, segue, bovinamente para o matadouro. A praga do PSDB viceja no RS graças ao compadrio da RBS e seus partidos de aluguel (vide PDB para Lasier Martins e PP, para Ana Amélia Lemos).

Yeda Sirtosky

Se é quatro é quadrilha. Vejo o orgulho de ser protegido dos Sirotsky:

pozzobom y Sirotsky

O caso do deputado do PSDB que disse publicamente que nunca será preso por não ser petista

Postado em 14 mar 2015 -por : Kiko Nogueira

Jorge Pozzobom, do PSDB-RS

Jorge Pozzobom, do PSDB-RS

Jorge Pozzobom é um deputado estadual do PSDB do Rio Grande do Sul. Foi o mais votado de Santa Maria nas últimas eleições. É advogado criminalista formado pela UFSM. Líder da bancada tucana na Assembleia Legislativa, ele tem batido duramente no governo Dilma.

“A cada dia fica mais claro aos brasileiros que a corrupção da Petrobras se institucionalizou no governo Lula e foi ampliada ao longo do primeiro mandato de Dilma, com o objetivo de financiar a manutenção de um projeto de poder hegemônico no país”, diz. Essa é a toada que faz sucesso entre sua turma.

Mas Jorge Pozzobom é também o símbolo escarrado de uma doença nacional: a sensação de que se pode falar qualquer coisa, desde que contra os alvos de sempre.

Em sua conta no Twitter, o doutor Pozzobom deixou escapar o que é comentado nos corredores de seu partido, mas nunca foi dito publicamente.

Durante um bate boca relativamente civilizado com militantes petistas, afirmou esperar que “alguém que não seja ameaçado de morte ou morto como o Celso Daniel possa trazer por delação a mega lista do PT”. Foi advertido de que calúnia ainda é crime no Brasil.

Sua resposta: “Me processa. Eu entro no Poder judiciário e por não ser petista não corro o risco de ser preso”.

Repetindo: “Eu entro no Poder judiciário e por não ser petista não corro o risco de ser preso”.

Não é que Pozzobom saiba de algo que você não sabe sobre a Justiça. Não é apenas pelo fato de ele ser advogado que ele diz esse tipo de barbaridade.

É que ele pode. É senso comum. Apenas não havia sido vocalizado dessa maneira.

Num país em que se toleram manifestações de ódio explícitas e acusações sem provas, em que um juiz sugere que a presidente iria sancionar a Lei do Feminicídio por que estava advogando em causa própria, em que se prega a volta da ditadura numa boa — o que isso tem de mais?

Pozzobom, um sujeito inteligente, tem ciência de que, sendo do PSDB, não corre risco algum. Essa é a contribuição de homens como ele para a democracia. Está longe de ser exceção num partido que adotou uma retórica golpista histérica. Apenas foi o primeiro a sair do armário.

Não há hipótese de que isso desemboque em algo de bom para a sociedade, mas a quem apelar?

jorge pozzobom

(Acompanhe as publicações do DCM no Facebook. Curta aqui).

Sobre o Autor

Diretor-adjunto do Diário do Centro do Mundo. Jornalista e músico. Foi fundador e diretor de redação da Revista Alfa; editor da Veja São Paulo; diretor de redação da Viagem e Turismo e do Guia Quatro Rodas.

102 Comentários »

  1. […] prende-los com cobertura da Rede Globo. Inimaginável, não!? É por isso que o deputado gaúcho, Jorge Pozzobom, se vangloria da imunidade/impunidade pelo simples fato de pertencer ao […]

    Pingback por Apedrejamento pela mídia talibã | Ficha Corrida — 19/11/2016 @ 8:52 am | Responder

  2. […] a bandidagem tucana e sua eterna impunidade não há como não lembrar do deputado do PSDB gaúcho, Jorge Pozzobom. A ideia de que todo dinheiro doado ao PSDB é lavado e limpo mas aquele doado às outras siglas é […]

    Pingback por Pó pará, pixuleco! – Praia de Xangri-Lá — 02/11/2016 @ 12:41 am | Responder

  3. […] a bandidagem tucana e sua eterna impunidade não há como não lembrar do deputado do PSDB gaúcho, Jorge Pozzobom. A ideia de que todo dinheiro doado ao PSDB é lavado e limpo mas aquele doado às outras siglas é […]

    Pingback por Pó pará, pixuleco! | Pilihsacconi's Blog — 01/11/2016 @ 11:31 pm | Responder

  4. […] a bandidagem tucana e sua eterna impunidade não há como não lembrar do deputado do PSDB gaúcho, Jorge Pozzobom. A ideia de que todo dinheiro doado ao PSDB é lavado e limpo mas aquele doado às outras siglas é […]

    Pingback por Pó pará, pixuleco! | Ficha Corrida — 01/11/2016 @ 5:48 pm | Responder

  5. […] do PT versus Mensalão do PSDB. Como não lembrar do que se vangloriou no twitter o deputado Jorge Pozzobom, do PSDB gaúcho: “Eu entro no Poder judiciário e por não ser petista não corro o risco de ser […]

    Pingback por A Constituição mais bela do mundo | Ficha Corrida — 01/10/2016 @ 8:27 am | Responder

  6. […] Dizer isso, apesar da redundância lógica, é quase um despropósito, tamanha a clareza meridiana da proteção dispensada ao PSDB. Royalties ao deputado do PSDB gaúcho, Jorge Pozzobom. […]

    Pingback por Moral da história: quando Aécio morrer suas vítimas serão denunciadas | Ficha Corrida do GOLPE — 07/09/2016 @ 8:29 am | Responder

  7. […] o Aécio ser condenado por uma das tantas falcatruas. Não foi sem motivo que o deputado gaúcho, Jorge Pozzobom, se vangloriou da condição de inimputável por ser do […]

    Pingback por Juca Kfouri, para desespero do Aécio, não deixa o golpe virar pó | Ficha Corrida do GOLPE — 04/09/2016 @ 8:54 pm | Responder

  8. […] você é, como eu, pobre, pense no que disse o Jorge Pozzobom(PSDB/RS) ao Vinicius Wu: “@vinicius_wu me processa. Eu entro no Poder judiciário e por não ser […]

    Pingback por Dicas para safar-se da prisão | Ficha Corrida do GOLPE — 16/08/2016 @ 9:00 am | Responder

  9. […] horas sempre lembro do deputado Jorge Pozzobom, do PSDB gaúcho. “- Podem me processar, como não do PT não corro o risco de ser […]

    Pingback por Cortina de fumaça por queima de estrume | Ficha Corrida do GOLPE — 08/08/2016 @ 10:00 am | Responder

  10. […] primeiro a ser comido. Até agora não foi porque o PSDB goza, segundo o deputado do PSDB gaúcho, Jorge Pozzobom, de imunidade judiciária. Em Minas, tudo está a$$oCIAdo ao Aécio. Começando por sua irmã, […]

    Pingback por Dicionário ou Bestiário? | Ficha Corrida do GOLPE — 08/08/2016 @ 8:02 am | Responder

  11. […] Jorge Pozzobom, o deputado gaúcho do PSDB, foi tão certeiro em sua afirmação […]

    Pingback por Os homens de benz que transformaram a República em Ré Pública | Ficha Corrida — 14/07/2016 @ 8:56 am | Responder

  12. […] mas também para o Estadão, Folha, RBS, Poder Judiciário, MPF. Como confessou o deputado gaúcho Jorge Pozzobom, o PSDB tem imunidade e, por isso, pode traficar, dirigir embriagado, ser decadelatado, que […]

    Pingback por Globo rege a banda Ré Pública | Ficha Corrida — 15/06/2016 @ 9:29 am | Responder

  13. […] o Estado. O Tarja Preta da Operação Lava Jato, que só não lhe acontece nada porque, segundo Jorge Pozzobom, o PSDB é inimputável perante o Poder Judiciário, desvelou a alma das vivandeiras, assim como a […]

    Pingback por As viúvas do DOI-CODI estão sem “consolo” | Ficha Corrida — 01/04/2016 @ 9:17 am | Responder

  14. […] pela revelação, uma parte esnobe outra parte uma bofetada, do deputado do PSDB gaúcho, Jorge Pozzobom, no Poder […]

    Pingback por Sob a batuta da Globo, MPF conduz o Golpe | Ficha Corrida — 29/03/2016 @ 7:51 am | Responder

  15. […] de mais esta morte, de Lucas Arcanjo, como não lembrar do Deputado Jorge Pozzobom, do PSDB gaúcho: “Me processa. Eu entro no Poder judiciário e por não ser petista não corro o […]

    Pingback por DETRAN e seus cadáveres insepultos | Ficha Corrida — 27/03/2016 @ 9:39 am | Responder

  16. […] de mais esta morte, de Lucas Arcanjo, como não lembrar do Deputado Jorge Pozzobom, do PSDB gaúcho: “Me processa. Eu entro no Poder judiciário e por não ser petista não corro o […]

    Pingback por DETRAN e suas cadáveres insepultos | Ficha Corrida — 27/03/2016 @ 9:23 am | Responder

  17. […] brasileiros que não tem cor partidária. Aqui o PSDB deita e rola. O deputado do PSDB gaúcho, Jorge Pozzobom tripudia pra cima do Poder Judiciário. Claro, com a cobertura da Folha. Graças ao jornalismo […]

    Pingback por Fogo “amigo do Alckmin” abafa Alstom | Luizmuller's Blog — 22/12/2015 @ 8:05 am | Responder

  18. […] brasileiros que não tem cor partidária. Aqui o PSDB deita e rola. O deputado do PSDB gaúcho, Jorge Pozzobom tripudia pra cima do Poder Judiciário. Claro, com a cobertura da Folha. Graças ao jornalismo […]

    Pingback por Fogo “amigo do Alckmin” abafa Alstom | Ficha Corrida — 22/12/2015 @ 7:54 am | Responder

  19. […] domínio do fato demonstrado por Daniel Dantas, ressuscita uma afirmação do seu correligionário, Jorge Pozzobom. Este deputado do PSDB gaúcho fez uma afirmação no ano passado que casa perfeitamente com a […]

    Pingback por Aécio se vangloria de ter cúmplices nos tribunais superiores | Ficha Corrida — 17/12/2015 @ 9:02 am | Responder

  20. […] que a Folha diz em editorial o deputado do PSDB gaúcho, Jorge Pozzobom, também já tinha dito com orgulho, pompa e circunstância. O PSDB, com o garoto Henry Hill do […]

    Pingback por Goodfellação | Ficha Corrida — 24/11/2015 @ 9:22 am | Responder

  21. […] é mais uma cláusula pétrea na Constituição do golpe paraguaio. O Deputado do PSDB gaúcho, Jorge Pozzobom, lavrou a sentença que é um epitáfio na credibilidade dos perseguidores do Lula: "Me […]

    Pingback por Os Bons Companheiros | Ficha Corrida — 23/11/2015 @ 7:35 am | Responder

  22. […] continuam rendendo fruto até hoje, sempre recordando o que disse o deputado gaúcho do PSDB, Jorge Pozzobom: “Me processa. Eu entro no Poder judiciário e por não ser petista não corro o risco de ser […]

    Pingback por O tripé do PSDB | Ficha Corrida — 19/11/2015 @ 9:34 am | Responder

  23. […] Beto Richa, Geraldo Alckmin, Ronaldo Caiado, Augusto Nardes, todo o PP gaúcho, Yeda Crusius, Jorge Pozzobom. Uma legião de anjos como esta é difícil de reunir outra vez. Se não for agora, […]

    Pingback por Ai que saudade da ditadura, quando se roubava com lisura | Ficha Corrida — 23/10/2015 @ 10:14 pm | Responder

  24. […] evidente a proteção mafiosa em relação ao PSDB, como já dizia o deputado do PSDB, o gaúcho Jorge Pozzobom, e a criminalização constante em relação ao […]

    Pingback por A Lava Jato só tem 1 objetivo: caçar Lula | Ficha Corrida — 21/10/2015 @ 9:12 am | Responder

  25. […] Lula, condenem, como fizeram com Sérgio Guerra, o morto Itamar. FHC, por ser do PSDB, como diria Jorge Pozzobom, não corre risco algum. Como sabemos, o PSDB tem imunidade até para […]

    Pingback por Caça ao Lula gigante continua | Ficha Corrida — 15/10/2015 @ 8:34 am | Responder

  26. […] Acabou, pero no mucho. Ainda há uma saída para Eduardo CUnha, filiar-se ao PSDB. Caso ainda tenha alguma dúvida, CUnha deveria consultar o deputado do PSDB gaúcho, Jorge Pozzobom. […]

    Pingback por Agora só uma saída para Eduardo CUnha, se filiar ao PSDB | Ficha Corrida — 02/10/2015 @ 8:35 am | Responder

  27. […] riquezas às empresas estrangeiras e, por extensão, destruir nosso país. O PSDB, como diria Jorge Pozzobom, tem licença para tudo porque o Judiciário lhe dá salvo-conduto. Quando alguém ligado ao […]

    Pingback por Maucaratismo e golpismo, duas faces da mesma moeda | Ficha Corrida — 30/09/2015 @ 9:20 am | Responder

  28. […] da justiça, se filiar ao PSDB. Convém ele ter uma conversinha com o deputado do PSDB gaúcho, Jorge Pozzobom, para saber como se safar da […]

    Pingback por Vasp, Canhedo & FHC | Ficha Corrida — 20/09/2015 @ 9:33 am | Responder

  29. […] Maria Marin e Ricardo Teixeira, João Dória Jr. Faz todo sentido que o PSDB tenha cobertura de parcela do Poder Judiciário, dos Rodrigo de Grandis, dos Gilmar Mendes. Enquanto isso, quem paga o preço […]

    Pingback por A Síria é aqui em São Paulo | Ficha Corrida — 15/09/2015 @ 7:44 am | Responder

  30. […] PSDB tem imunidade para praticar qualquer obscenidade. Como já disse o impoluto tucano gaúcho, Jorge Pozzobom, não sendo petista, tem imunidade. Além das milhares de assinaturas da Veja, Folha, Estadão […]

    Pingback por Saiba quanto cu$ta o acobertamento do PSDB? | Ficha Corrida — 13/09/2015 @ 8:59 am | Responder

  31. […] o deputado do PSDB gaúcho, Jorge Pozzobom, se vangloriou que, por não ser do PT, não corria riscos na Justiça, parecia apenas palavras de […]

    Pingback por Jorge Pozzobom, o sábio que conhecia Yeda | Ficha Corrida — 12/09/2015 @ 6:05 pm | Responder

  32. […] do que a imunidade judiciária admitida pelo deputado do PSDB gaúcho, Jorge Pozzobom, a direita brasileira é acobertada pelos grupos mafiomidiáticos. As cinco famílias associadas ao […]

    Pingback por Não é uma cobertura, Anastasia, é um acobertamento | Ficha Corrida — 04/09/2015 @ 8:00 am | Responder

  33. […] no compadrio de parcela do poder judiciário, como Gilmar Mendes, cuja prática foi confirmada por Jorge Pozzobom, deputado do PSDB […]

    Pingback por Os introcáveis | Ficha Corrida — 31/08/2015 @ 9:30 am | Responder

  34. […] Reuters inaugurou o “podemos tirar, se achar melhor”.  Aliás, o deputado gaúcho do PSDB, Jorge Pozzobom, acredita piamente que o mesmo acontece no Poder Judiciário. Sempre que envolve denúncias de […]

    Pingback por Jornalismo “podemos tirar se achar melhor” | Ficha Corrida — 26/08/2015 @ 9:27 pm | Responder

  35. […] e confessado pelos que venderam o voto.  É também por isso que o deputado gaúcho, Jorge Pozzobom, do PSDB, sente-se tão à vontade para proferir uma sentença que já fazia parte dos anais da […]

    Pingback por MP/MG: uma mão lava a outra; duas, um aeroporto | Ficha Corrida — 23/08/2015 @ 10:20 pm | Responder

  36. […] que se o Samuel Pessoa conhecesse o deputado do PSDB gaúcho, Jorge Pozzobom, ele manteria esta flatulência em forma de texto sem […]

    Pingback por A saída totalitária | Ficha Corrida — 23/08/2015 @ 10:49 am | Responder

  37. […] Mesmo que a famiglia Sirotsky esteja sendo tratada pela Justiça da mesma forma que o partido do Jorge Pozzobom, eles já não possuem a menor credibilidade. Em todos os sentidos. Só a manada de midiotas e […]

    Pingback por Zelotes: um dos pilares dos corruptos está ruindo | Ficha Corrida — 22/08/2015 @ 10:27 am | Responder

  38. […] PSDB com o Poder Judiciário é tanto e de forma tão escancarada que o deputado do PSDB gaúcho, Jorge Pozzobom tornou pública uma regra que já percorria o senso comum: “Me processa. Eu entro no Poder […]

    Pingback por Gilmar Mendes, a mão amiga do corrupto na hora difícil | Ficha Corrida — 22/08/2015 @ 8:48 am | Responder

  39. […] Infelizmente, a seletividade leva a coisas como esta dita pelo deputado gaúcho do PSDB, Jorge Pozzobom: “Eu entro no Poder judiciário e por não ser petista não corro o risco de ser […]

    Pingback por Lava Jato está comendo boi aos bifes | Ficha Corrida — 11/08/2015 @ 10:59 pm | Responder

  40. […] a última saída será se filiarem ao PSDB. Como sabemos, a filiação ao tucanos, como assevera Jorge Pozzobom, é garantia de imunidade.  Mas para isso, para não levar um balãozinho, terão de passar […]

    Pingback por Pegando os corruptos da CBF, Romário põe pá de cal no túmulo da Globo | Ficha Corrida — 30/07/2015 @ 9:58 am | Responder

  41. […] sabemos, na velha lição do deputado gaúcho do PSDB, Jorge Pozzobom, o PSDB ganhou imunidade judicial para roubar. Tanto que a trupe da CBF e até o Eduardo CUnha já […]

    Pingback por Paulo Preto, podemos tirar ser achar melhor | Ficha Corrida — 30/07/2015 @ 9:50 am | Responder

  42. […] crime organizado tem alguma influência o entendimento de parcela do Poder Judiciário, como diria Jorge Pozzobom, de que o PSDB goza de imunidade? Ou seria porque os crimes praticados pelo PCC são contra a […]

    Pingback por Alckmin & Richa: PSDB senta com PCC e bate em professor | Ficha Corrida — 29/07/2015 @ 8:03 am | Responder

  43. […] pela mída. Veja que nesta horas publica-se o milagre mas não entregam o santo. Como já disse o Jorge Pozzobom, o PSDB tem imunidade e só os idiotas não […]

    Pingback por Onde o PSDB se elege, o PCC governa | Ficha Corrida — 28/07/2015 @ 11:14 pm | Responder

  44. […] Zelotes, Operação Pavlova, da Lista Falciani e do HSBC se encontrarão na prisão. Espero que Jorge Pozzobom esteja errado e ainda veremos alguém do PSDB sendo investigado e […]

    Pingback por Direita golpista cospe mais um bagaço: Eduardo CUnha | Ficha Corrida — 18/07/2015 @ 9:51 am | Responder

  45. […] donos dos meios de comunicação, nem políticos de outros partidos. O deputado gaúcho do PSDB, Jorge Pozzobom, já disse isso em letras […]

    Pingback por MP – engenho de moer honestidade alheia | Ficha Corrida — 17/07/2015 @ 10:01 am | Responder

  46. […] Nossa velha mídia é milhares de vezes mais corrupta do que o político mais corrupto. Sabe por quê? Porque quem corrompe o político é a mídia.  Hoje, quando se lê um a reportagem, a primeira pergunta que deve ser feita é: quanto custou ou este não pagou o preço cobrado. Se pagou, só elogios. Não pagou, pau nele. Por isso que se diz que pau que dá em PT não dá em PSDB. E nisso não está só a imprensa, mas também o Poder Judiciário. […]

    Pingback por Para os assoCIAdos do Instituto Millenium, um político vale quanto paga | Ficha Corrida — 13/07/2015 @ 11:18 pm | Responder

  47. […] era filiado ao PSDB, da base de apoio de outro inimputável, Aécio Neves, fica explicado, como bem revelou um certo deputado gaúcho, também do PSDB, porque continua livre, leve e solto, quiçá pedindo o impeachment da […]

    Pingback por Apertem os cintos e saibam porque o heliPÓptero sumiu | Ficha Corrida — 10/07/2015 @ 9:49 am | Responder

  48. […] a ponto de um deputado gaúcho do PSDB esnobar da possibilidade de que venha a ser punido?! Jorge Pozzobom falava do Poder Judiciário, talvez sabendo que há um costume não escrito no MP de tratar de […]

    Pingback por #corrupçãonão | Ficha Corrida — 04/07/2015 @ 10:18 am | Responder

  49. […] penal impunemente. Nunca é demais lembrar a brilhante revelação do deputado gaúcho, do PSDB, Jorge Pozzobom: “Me processa. Eu entro no Poder judiciário e por não ser petista não corro o risco de ser […]

    Pingback por Bancos homenageiam o PROER | Ficha Corrida — 02/07/2015 @ 10:30 pm | Responder

  50. […] por Alberto Youssef, Aécio Neves jamais foi denunciado. Tem razão o deputado gaúcho do PSDB, Jorge Pozzobom. Seu partido tem carta branca tanto junto às instituições encarregadas de investigarem como […]

    Pingback por Com João Dória, Alckmin impõe seu padrão FIFA | Ficha Corrida — 24/06/2015 @ 9:45 am | Responder

  51. […] grande erro do PT. É claro que o PT não é, diante do Poder Judiciário, nenhum PSDB. Nem Lula é Jorge Pozzobom. Mas deixar barato para caluniadores tem funcionado a favor deles e contra o Lula e o […]

    Pingback por Entenda porque bandidos odeiam Lula | Ficha Corrida — 21/06/2015 @ 11:14 am | Responder

  52. […] que são acobertados pelo MP com imunidade garantida no Poder Judiciário. Como diria o inefável Jorge Pozzobom, só a imunidade justifica a marcha da insensatez do PSDB, para delírio dos 12%, rumo à pornô […]

    Pingback por Os constantes e sucessivos golpes do PSDB só envergonham quem tem vergonha | Ficha Corrida — 19/06/2015 @ 9:01 am | Responder

  53. […] diria o Jorge Pozzobom, o PSDB goza de imunidade judiciária. Tudo PÓde. Diante da máquina montada para derrotar o PT, […]

    Pingback por Entenda porque é do Paraná que saem os ataques a Lula e ao PT | Ficha Corrida — 12/06/2015 @ 9:30 am | Responder

  54. […] Pensando bem, todo dia tem alguém ligado ao PSDB, do baixo clero, com um processo nas costas. O problema é que nunca chega ao Capos. Lembremos, os parceiros de FHC na América Latina, Carlos Menem e Alberto Fujimori, estão ou já foram presos. No Brasil, para o PSDB, impera a Lei Jorge Pozzobom. […]

    Pingback por PSDB padrão FIFA | Ficha Corrida — 03/06/2015 @ 9:01 am | Responder

  55. […] que dizia a própria Folha em editorial, corroborado pela afirmação do deputado do PSDB gaúcho, Jorge Pozzobom: “me processa. Eu entro no Poder judiciário e por não ser petista não corro o riso de ser […]

    Pingback por Folha denuncia: em busca de imunidade, PT migra para o PSDB | Luizmuller's Blog — 26/05/2015 @ 7:50 pm | Responder

  56. […] que dizia a própria Folha em editorial, corroborado pela afirmação do deputado do PSDB gaúcho, Jorge Pozzobom: “me processa. Eu entro no Poder judiciário e por não ser petista não corro o riso de ser […]

    Pingback por Folha denuncia: em busca de imunidade, PT migra para o PSDB | Ficha Corrida — 26/05/2015 @ 9:38 am | Responder

  57. […] do que uma Yeda Crusius presa. Nunca canso de lembrar as sábias palavras do deputado gaúcho, Jorge Pozzobom, a respeito da maneira como seu partido, o PSDB, vem sendo tratado: “me processa. Eu entro no […]

    Pingback por Requiescat in pace | Ficha Corrida — 24/05/2015 @ 10:28 am | Responder

  58. […] contam com a parcela Gilmar Mendes do poder judiciário. Perguntem ao deputado gaúcho do PSDB, Jorge Pozzobom. Ele registrou e patenteou a frase mais emblemática de como funciona o esquema: “me processa. Eu […]

    Pingback por Folha: “- Pimenta no Zelotes dos outros é refresco” | Ficha Corrida — 22/05/2015 @ 8:59 am | Responder

  59. […] domínio do fato é a confraternização entre Jorge Pozzobom, do PSDB gaúcho, e a famiglia Sirotsky, do Grupo […]

    Pingback por Vão pedir a exumação do Maurício Sirotsky Sobrinho e do Roberto Marinho?! | Ficha Corrida — 21/05/2015 @ 9:12 am | Responder

  60. […] admissão literal pelo deputado tucano gaúcho, Jorge Pozzobom, de que tucano, ao contrário de petista, nunca é punido pelo Poder Judiciário entrou para o […]

    Pingback por Para proteger PCC, PSDB persegue Lula | Ficha Corrida — 20/05/2015 @ 9:28 am | Responder

  61. […] Beto Richa e Valdir Rossoni) não são diferentes dos deputados do PSDB gaúcho( Yeda Crusius e Jorge Pozzobom). E nem vamos para Minas, terra do Napoleão de hospício. Todos contam com a proteção da banda […]

    Pingback por Partido de Serpentes Desova Bolsonaros | Ficha Corrida — 16/05/2015 @ 5:07 pm | Responder

  62. […] Fale com Jorge Pozzobom, Fernandinho. Ele tem uma dica perfeita para livra-lo da […]

    Pingback por Para se livrar da cadeia, Fernandinho Beira-Mar deve se filiar ao PSDB | Ficha Corrida — 14/05/2015 @ 9:14 am | Responder

  63. […] sem provas. Contrario senso, aqui como lá, quando as provas abundam, a justiça, como diria o Jorge Pozzobom e a própria Folha em editorial, passa a mão na bunda dos envolvidos. Imagine um helipóptero com […]

    Pingback por Se o Brasil adotasse medida venezuelana, ex-candidato a presidente não poderia sair do Brasil | Ficha Corrida — 13/05/2015 @ 7:57 am | Responder

  64. […] Jorge Pozzobom revelou a promiscuidade que o beneficia, não estava falando só de si. O PSDB, com revelou a Folha […]

    Pingback por Homenagem a Jorge Pozzobom | Ficha Corrida — 12/05/2015 @ 9:54 am | Responder

  65. […] o PSDB já conseguiu imunidade para roubar. Primeiro a Folha, em editorial, admitiu; depois Jorge Pozzobom, do PSDB gaúcho, […]

    Pingback por No covil | Ficha Corrida — 11/05/2015 @ 10:57 pm | Responder

  66. […] sido varrido para o lixo de onde nunca deveria ter saído. Além do Poder Judiciário, segundo Jorge Pozzobom do PSDB […]

    Pingback por 300 de Esparta | Ficha Corrida — 07/05/2015 @ 9:39 am | Responder

  67. […] Esta é, na minha opinião, a única situação em que se pode admitir pena de morte. Infelizmente, Jorge Pozzobom tem razão. Há justiça e […]

    Pingback por De República das Araucárias para República dos Ratos | Ficha Corrida — 06/05/2015 @ 9:51 am | Responder

  68. […] como admitiu em editorial a própria Folha de São Paulo e confirmou o deputado do PSDB gaúcho, Jorge Pozzobom, entre o PSDB e a bandidagem instalada nos grupos de comunicação, hoje este bando de […]

    Pingback por PSDB opera fimose em mulher | Ficha Corrida — 05/05/2015 @ 8:47 am | Responder

  69. […] da Operação Lava Jato que nada lhe acontece. Em relação ao PSDB em geral, como admitiu o Jorge Pozzobom e até a Folha em editorial, e ao Aécio em particular, há uma verdadeira […]

    Pingback por Omertà é seu nome | Ficha Corrida — 04/05/2015 @ 8:35 am | Responder

  70. […] Globo & RBS, fica ainda mais emblemática se sabe das relações pessoais, como a do Jorge Pozzobom com os […]

    Pingback por Beto Richa, o filho da mãe | Ficha Corrida — 01/05/2015 @ 7:42 am | Responder

  71. […] acusados da Lava Jato já cumprem prisão, a correligionária de Jorge Pozzobom continua desfrutando da liberdade. Por que será que Yeda Crusius, Gerdau e RBS não vão presos […]

    Pingback por Yeda Crusius, uma tucana paulista à moda gaúcha | Ficha Corrida — 29/04/2015 @ 10:03 am | Responder

  72. […] Jorge Pozzobom terá de renovar sua frase antológica; também os grupos mafiomidiáticos desfrutam de facilidades altamente premiadas. […]

    Pingback por RBS, ávida por todos os lados | Ficha Corrida — 27/04/2015 @ 8:54 am | Responder

  73. […] mito é o de que tucano graúdo não vai preso. Jorge Pozzobom entregou como funciona a parceria com a parcela retrógrada do Poder Judiciário. O que parecia […]

    Pingback por Mitos tucanos: PCC & Dengue | Ficha Corrida — 27/04/2015 @ 8:23 am | Responder

  74. […] Jorge Pozzobom não se brinca. O deputado gaúcho do PSDB tripudiou pra cima de Vinicius Wu dizendo que, por ser […]

    Pingback por Jorge Pozzobom tem razão | Ficha Corrida — 26/04/2015 @ 10:39 pm | Responder

  75. […] materializado em letras garrafais, graças à soberba decorrente da impunidade,  pelo Deputado Jorge Pozzobom, do PSDB […]

    Pingback por Precisamos falar sobre a Lista Falciani, o HSBC e o silêncio dos indecentes | Ficha Corrida — 26/04/2015 @ 8:53 pm | Responder

  76. […] o Poder Judiciário é complacente com seu partido, como já o fizera antes seu correligionário Jorge Pozzobom, e pedir para que explique porque só o […]

    Pingback por Folha ajudou ditadores a prender, torturar, estuprar, matar e esconder os corpos. E chamou isso de ditabranda! | Ficha Corrida — 26/04/2015 @ 9:27 am | Responder

  77. […] do patrimônio alheio. Diferente deles, é que no Brasil, como assegura o deputado gaúcho do PSDB, Jorge Pozzobom, o PSDB tem licença e impunidade para roubar. Fujimori e Menem estão presos, FHC está solto como […]

    Pingback por No Brasil, HSDB rima com FHC | Ficha Corrida — 25/04/2015 @ 10:14 pm | Responder

  78. […] revelou o correligionário, Jorge Pozzobom, o PSDB em geral, e Aécio Neves, em particular, têm licença judiciária para se locupletarem. […]

    Pingback por Em Minas, as hélices giram e helicópteros viram pó | Ficha Corrida — 20/04/2015 @ 9:42 am | Responder

  79. […] proteção que PSDB goza no Poder Judiciário, admitido publicamente pelo deputado gaúcho do PSDB, Jorge Pozzobom, também foi denunciado, em editorial, pela insuspeita, posto que tucana, Folha de São […]

    Pingback por O homem Bombril do PSDB | Ficha Corrida — 20/04/2015 @ 8:38 am | Responder

  80. […] No mesmo sentido e em outro veículo, surge nova denúncia contra Aécio Neves. Mas, como diria Jorge Pozzobom, como Aécio não é do PT, mas do PSDB, ele não corre risco de ser […]

    Pingback por Geraldo Alckmin terceiriza ódio remunerado | Ficha Corrida — 19/04/2015 @ 1:20 pm | Responder

  81. […] diferença de tratamento é tão gritante que um deputado do PSDB gaúcho, Jorge Pozzobom, tripudiou dizendo que, por não ser petista, não corria risco de perder uma ação e, por isso, […]

    Pingback por A escalada da covardia | Ficha Corrida — 19/04/2015 @ 10:55 am | Responder

  82. […] golpe amigo nas horas difíceis. Pertos da extinção, vão buscar, ad nauseam, fazer valer a lei Jorge Pozzobom, segundo a qual o Poder Judiciário é a tábua de salvação do PSDB. Felizmente, nem todo mundo […]

    Pingback por #AceitaDilmaVez | Ficha Corrida — 14/04/2015 @ 8:01 am | Responder

  83. […] Jorge Pozzobom na companhia dos […]

    Pingback por Jorge Pozzobom tenia razón | Ficha Corrida — 13/04/2015 @ 10:16 am | Responder

  84. […] pegos nas ratoeiras da Polícia Federal. Se ao invés de pepistas fossem petistas, como já admitiu Jorge Pozzobom, estariam […]

    Pingback por Deputado Heinze sonegou até corrupção | Ficha Corrida — 13/04/2015 @ 8:22 am | Responder

  85. […] esquecendo, mas também apresenta a confirmação da tese defendida pelo deputado do PSDB gaúcho, Jorge Pozzobom: Operação Zelotes esbarra em falta de apoio do […]

    Pingback por Entenda porque a imprensa brasileira está falindo | Ficha Corrida — 11/04/2015 @ 12:51 pm | Responder

  86. […] foi precavido. Sabia que um dia a casa cairia, por isso precisaria de alguém de confiança no STF. Jorge Pozzobom sabe o que diz quando diz que o PSDB tem imunidade do Poder Judiciário para roubar. Ele conhecia […]

    Pingback por Homem de palavras | Ficha Corrida — 10/04/2015 @ 9:58 am | Responder

  87. […] descobre um escândalo envolvendo as pessoas mais ricas deste país, e talvez, apesar da filosofia Pozzobom, o PSDB estaria todo na cadeia. Mas como disse o parlamentar gaúcho do PSDB, seu partido mantém […]

    Pingback por Minas: choque de gestão virou pó | Ficha Corrida — 08/04/2015 @ 9:43 am | Responder

  88. […] que já está cabendo um  um Metrô no TCU do baiano. Como diria o correligionário gaúcho Jorge Pozzobom, Imbassahy não tem do que temer. Gilmar Mendes continua sendo a mão amiga nas horas difíceis. […]

    Pingback por Antônio Imbassahy | Ficha Corrida — 05/04/2015 @ 10:48 pm | Responder

  89. […] como bem disse a Folha de São Paulo em editorial, o PSDB detém imunidade judiciária para roubar. Jorge Pozzobom colocou isso em letras garrafais em lavra de uma clareza […]

    Pingback por Gerdau, o cara… de pau! | Ficha Corrida — 04/04/2015 @ 11:54 am | Responder

  90. […] e outro ficaram reais na foto feito por seus comensais. Ninguém melhor do que Jorge Pozzobom, do PSDB, para falar do Poder Judiciário. E porque não uma agência de notícias internacional, […]

    Pingback por Pozzobom + Reuters = FHC | Ficha Corrida — 04/04/2015 @ 8:38 am | Responder

  91. […] de proteger o PSDB? Não basta o que o Poder Judiciário, no dizer do deputado gaúcho do PSDB, Jorge Pozzobom, proteja o […]

    Pingback por Por que a Folha insiste transformar corrupção em discussão genealógica? | Ficha Corrida — 01/04/2015 @ 8:39 am | Responder

  92. […] que o convívio com Jorge Pozzobom contaminou a família Sirotsky ou foi o contrário?! Será que eles pensam que continuam no governo […]

    Pingback por Nunca antes neste país haveria uma operação para pegar a Rede Besouro Sonegador | Ficha Corrida — 31/03/2015 @ 11:00 am | Responder

  93. […] fazia das tripas coração para esconder todas as falcatruas. Tem razão do deputado gaúcho, Jorge Pozzobom, quando diz que o PSDB tem no Poder Judiciário imunidade para roubar. Tanto é assim que ontem […]

    Pingback por Rede Besouro de Sonegação: mas, se achar melhor, podemos tirar | Ficha Corrida — 31/03/2015 @ 8:48 am | Responder

  94. […] mais estão se defendendo. Tucano, no Brasil de FHC, virou ave de rapina. Tucano, como diz o Jorge Pozzobom, deputado do PSDB gaúcho, sem mídia vive em síndrome de abstinência. Eles estão sempre com um […]

    Pingback por Uma árvore ginecológica que só dá Richa | Ficha Corrida — 27/03/2015 @ 11:32 pm | Responder

  95. […] o deputado gaúcho, Jorge Pozzobom, confesso que o PSDB goza de proteção no Poder Judiciário. A afirmação ainda não foi […]

    Pingback por Fernando Rodrigues comprova Jorge Pozzobom | Ficha Corrida — 27/03/2015 @ 9:48 am | Responder

  96. […] dos Sanguessugas existiram. Claro, só não existiriam onde, segundo o deputado do PSDB gaúcho, Jorge Pozzobom, o PSDB não sofre […]

    Pingback por HSBC rima com FHC | Ficha Corrida — 26/03/2015 @ 8:45 am | Responder

  97. […] do PSDB gaúcho, mas que é padrão nacional. Coube ao deputado gaudério, parceiro da RBS, Jorge Pozzobom, revelar o que todos sabiam mas não tinham como provar: “Me processa. Eu entro no Poder […]

    Pingback por O juiz que pratica os ensinamentos de Jorge Pozzobom | Ficha Corrida — 25/03/2015 @ 9:43 am | Responder

  98. […] Globo adota por regra a Lei Rubens Ricúpero. A Parabólica mostrou o modus operandi da Rede Globo. Jorge Pozzobom mostrou o modus operandi do Poder Judiciário e do Ministério Público. A captura do Joaquim […]

    Pingback por Zé Bush | Ficha Corrida — 21/03/2015 @ 1:18 pm | Responder

  99. […] deste rol interminável de assassinos da reputação alheia é a confissão do deputado gaúcho, Jorge Pozzobom: “Me processa. Eu entro no Poder judiciário e por não ser petista não corro o risco de ser […]

    Pingback por Saiba quem finaCIA a carreira do Aécio | Ficha Corrida — 21/03/2015 @ 9:24 am | Responder

  100. […] de corrupção que pegou os herdeiros da ARENA. Nenhum cartaz cobrando explicações ao PSDB do Jorge Pozzobom pela compra da casa da Yeda Crusius decorrente da corrupção no DETRAN. E, diga-se de passagem, os […]

    Pingback por EUA promovem golpe paraguaio no Brasil | Ficha Corrida — 18/03/2015 @ 8:43 am | Responder

  101. […] do tweet do deputado gaúcho, Jorge Pozzobom, do PSDB. A pergunta que não quer calar: por que canalhas sempre encontram […]

    Pingback por Jorge Pozzobom para âncora da Globo | Ficha Corrida — 15/03/2015 @ 8:17 pm | Responder

  102. […] centro de distribuição de drogas para o Nordeste. Ora, o PSDB se espalho para o Brasil inteiro. Jorge Pozzobom é um exemplo de sua contaminação no RS. Pozzobom sabe, por experiência própria e partidária, […]

    Pingback por Abusado: Aécio sem aviãozinho é como guri sem bala | Ficha Corrida — 15/03/2015 @ 11:39 am | Responder


RSS feed for comments on this post. TrackBack URI

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Blog no WordPress.com.

%d blogueiros gostam disto: