Ficha Corrida

16/06/2014

Pelo menos em algo o PSDB alcança o topo

Filed under: Ficha Limpa,Ficha Suja,Isto é PSDB! — Gilmar Crestani @ 8:33 am
Tags:

 

PSDB é o partido mais sujo do Brasil, revela ranking da justiça eleitoral

Análise dos 317 políticos brasileiros que foram impedidos de se candidatar pela lei Ficha Limpa traz uma descoberta interessante: o PSDB é o partido político mais sujo do Brasil. Veja o ranking

Os TREs (Tribunais Regionais Eleitorais) barraram até agora a candidatura a prefeito de 317 políticos com base na Lei da Ficha Limpa, de acordo com levantamento feito nos 26 Estados do país.

O número deve aumentar, já que em 16 tribunais ainda há casos a serem julgados. Entre esses fichas-sujas, 53 estão no Estado de SP.

Na divisão por partido, o PSDB é o que possui a maior “bancada” de barrados, com 56 candidatos –o equivalente a 3,5% dos tucanos que disputam uma prefeitura. O PMDB vem logo atrás (49). O PT aparece na oitava posição, com 18 –1% do total de seus postulantes a prefeito.

psdb ranking corrupção ficha suja

Ranking dos partidos mais sujos do Brasil. PSDB lidera, seguido do PMDB. O PT, maior partido do Congresso Nacional, aparece apenas em oitavo. Foto: Folha Online

Todos os candidatos barrados pelos tribunais regionais podem recorrer ao TSE (Tribunal Superior Eleitoral). A presidente do tribunal, Cármen Lúcia, já disse que não será possível julgar todos os casos antes das eleições, mas sim até o final do ano, antes da diplomação dos eleitos.

Leia também

Os nomes barrados pelos TREs irão aparecer nas urnas eletrônicas, mas todos os seus votos serão considerados sub judice até uma eventual decisão no TSE.

Exemplo: se o ficha-suja tiver mais votos, mas seu recurso for rejeitado, assume o segundo colocado na eleição.

Entre os barrados, destacam-se o ex-presidente da Câmara dos Deputados Severino Cavalcanti (PP-PE) e a ex-governadora Rosinha Garotinho (PR-RJ).

Severino tenta se reeleger prefeito de João Alfredo (PE) e foi enquadrado na lei por ter renunciado ao mandato de deputado federal, em 2005, sob a acusação de ter recebido propina de um concessionário da Câmara.

Já Rosinha Garotinho, atual prefeita de Campos (RJ), teve o registro negado sob a acusação de abuso de poder econômico e uso indevido de meios de comunicação durante as eleições de 2008.

A maioria dos barrados foi enquadrada no item da Lei da Ficha Limpa que torna inelegível aqueles que tiveram contas públicas rejeitadas por tribunais de contas.

De iniciativa popular, a lei foi sancionada em 2010, mas só passa a valer na eleição deste ano. A lei ampliou o número de casos em que um candidato fica inelegível –cassados, condenados criminalmente por colegiado ou que renunciaram ao cargo para evitar a cassação.

“A lei anterior era permissiva demais”, disse Márlon Reis, juiz eleitoral e um dos autores da minuta da Ficha Limpa. Para André de Carvalho Ramos, procurador regional eleitoral de São Paulo, os próprios partidos vão evitar lançar fichas-sujas.

Paulo Moreira Leite: Folha e justiça informam que ‘Petralha’ é lenda

A liberdade de expressão permite que cada um fale o que quer e escreva como quiser mas às vezes a literatura deve ceder seus direitos a matemática.

Trazida ao mundo político durante o governo Lula, o termo “petralha” é uma falsificação, revela um levantamento da Folha de S. Paulo.

Ao juntar PETista com metRALHA, dos irmãos Metralha, de Disney, aquele que tinha simpatias pelo fascismo, o que se pretende é sugerir que o Partido dos Trabalhados é, como diz o procurador-geral da República, uma “organização criminosa.”

Será?

Analisando os 317 políticos brasileiros que foram impedidos de se candidatar pela lei Ficha Limpa, a Folha de S. Paulo fez uma descoberta fantástica.

Os petistas tem 18 candidatos que a Justiça impediu de candidatar-se em função daquilo que em outros tempos se chamava de folha corrida. Não é pouco, certamente.

Homens públicos devem ter uma reputação sem manchas e seria preferível que nenhum candidato – do PT ou de qualquer outro partido – tivesse uma condenação nas costas.

O problema é que os supostos petralhas são apenas o 8o. partido em condenações. Se houvesse um campeonato nacional de ficha-suja, estariam desclassificados nas quartas-de-final e voltariam para casa sob vaias da torcida, que iria até o aeroporto jogar casta de laranja no desembarque da delegação.

E se você pensa que o primeiro colocado é o PMDB, tão associado às más práticas da política, símbolo do atraso, da fisiologia e da corrupção – em especial depois que se aliou a Lula, nunca antes — enganou-se. O líder é o PSDB.

Está lá, na Folha. Os tucanos tiveram 56 candidatos rejeitados pela Lei dos Ficha Suja. Isso dá três vezes mais do que os petistas. Para falar em termos relativos: a porcentagem de ficha suja tucana entre seus candidatos é de 3,5%. Dos petistas, 1%.

Em sua entrevista em Paris, logo depois da entrevista de Roberto Jefferson onde ele denunciou o mensalão, Lula disse que o PT apenas fazia “o que os outros partidos sempre fizeram.”

Lula foi muito criticado por isso, na época. Vê-se que Lula errou, mas por outro motivo: o PT fazia menos do que os outros partidos.

O levamento mostra, por exemplo, que até o PSD de Gilberto Kassab tem mais condenados do que os petistas. O PPS, que é infinitamente menor do que o PT, tem 9 condenados. O PMDB, tem 46.

E agora?

Paulo Moreira Leite e Folha de S.Paulo

PSDB é o partido mais sujo do Brasil, revela ranking da justiça eleitoral – Pragmatismo Político

Anúncios

15/12/2013

Com Cantanhêde, até no nariz de cera tem pó

perrellaQualquer pessoa medianamente versado em jornalismo sabe o que significa nariz de cera. Eliane Cantanhêde, que pelo nome não se perca, tem a parte mais notável de sua biografia a defesa incondicional do PSDB. Quer botar no boca de Lula o é que do nariz do PSDB. Aliás, não vi no texto dela qualquer prova de que Lula tenha acusado tucanos de usar cocaína. Pelo contrário, apesar do título, ela mesma reproduz declaração do Lula: "Se for comparar o emprego do Zé Dirceu no hotel com a quantidade de cocaína no helicóptero, pelo menos houve uma desproporcionalidade no assunto". Onde Lula associa algo a alguém para que ela acuse o golpe e cometa um título destes: “A cocaína de Lula”? Como se pela declaração reproduzida por ela, Lula não acusou o PSDB, mas ela acusa Lula.

Talvez ela não saiba, mas está por demais manjada a tática de José Serra contra Aécio Neves, quando os jornais de São Paulo disputavam com os de Minas Gerais quem seria o candidato à Presidência pelo PSDB. O Estadão atacou de Pó pará, governador, insinuando um hábito há muito atribuído a Aécio Neves. O Jornal de Minas acusou o golpe e revidou, naquilo que parecia mais um briga de bugio do que uma disputa eleitoral, com “Minas a reboque, não”.

ELIANE CANTANHÊDE

A cocaína de Lula

BRASÍLIA – Lula não precisa e não deveria desferir golpes abaixo da cintura, até porque o PT já tem bom arsenal contra os tucanos nas eleições de 2014, atacando de Siemens, Alstom, trem, metrô, palavrinhas que marcam bem uma campanha.

Com sua alta popularidade, seu poder de comando no PT e seu status de ex-presidente, ele deveria pensar bem antes de falar e mais ainda antes de insinuar. Mas Lula foi buscar mensagem subliminar de profundo mau gosto contra adversários.

Os gritos ecoavam no salão cheio de jovens e militantes no congresso do PT: "Sou brasileiro e não me engano, a cocaína financia os tucanos".

O grande líder não apenas autorizou como potencializou, jogando gasolina na fogueira: "Se for comparar o emprego do Zé Dirceu no hotel com a quantidade de cocaína no helicóptero, pelo menos houve uma desproporcionalidade no assunto".

Era para ser mais um ataque à imprensa, tática surrada de Lula para levar as plateias petistas ao delírio, mas virou uma tentativa um tanto sórdida de criar e massificar um vínculo dos tucanos com cocaína.

A referência dos militantes –que até podem ser irresponsáveis– e do seu líder –que não tem esse direito– era à grande dose da droga encontrada no helicóptero da família do senador Zezé Perrella.

Perrella é ligado ao candidato tucano à Presidência, Aécio Neves, mas ele não é do PSDB, é do PDT. E, aliás, até sexta não havia algo que o comprometesse com a cocaína e muito menos um documento, uma declaração ou uma revelação envolvendo o tucano com as drogas do helicóptero.

Derrotado usar essa sujeira já seria inadmissível. Se quem usa é potencial vitorioso, como Lula, passa a ser indigno. Enlameia não os adversários, mas a própria campanha.

Duvido que Dilma aprove. Mas também duvido que ela tenha poder para controlar Lula, o partido e até a própria campanha. Que, apesar de favorita, vai por um mau caminho.

21/05/2013

Estadão censurou matéria que insinuava uso de cocaína por Aécio

Filed under: Aécio Neves,Estadão — Gilmar Crestani @ 11:02 pm
Tags:

poparagovernadorDepois dessa, Mesquitão morreu com câncer na língua…

Estadão censurou matéria que insinuava uso de cocaína por Aécio

Até mesmo o considerado maior jornal brasileiro curvou-se diante da exigência de Andréa Neves pela retirada da matéria sobre vício de seu irmão

Em fevereiro de 2010 o Estadão publicou artigo de Mauro Chaves insinuando contra o então governador de Minas Gerais, conhecido por sua vida de “playboy” e sobre ser usuário de cocaína. O título do artigo que Chaves escreveu e que foi publicado pelo Estadão em 28 de fevereiro de 2010 já dispensaria o resto do texto: “Pó pará, governador”.

Fazendo a busca no portal do Estadão não se localizará o link da matéria, o leitor é conduzido a uma página em branco.

Veja o link:

http://www.estadao.com.br/estadaodehoje/20090228/not_imp331197,0.php

Eis que o leitor Reinaldo Luciano usa seus conhecimentos e mostra que ninguém consegue esconder nada na internet. O excelente trabalho de Reinaldo desvendou o mistério.

"A respeito da matéria que não abre no Estadão, verifiquei a página e realmente não abria."

Reinaldo usou o http://archive.org/web/web.php e localizou a dita página, que foi armazenada em cache 28 vezes desde que foi publicada.

Este é o link original, onde a matéria não abre:

http://www.estadao.com.br/estadaodehoje/20090228/not_imp331197,0.php

E este é o link recuperado:

http://web.archive.org/web/20100724092328/http://www.estadao.com.br/estadaodehoje/20090228/not_imp331197,0.php

Ao analisar o cache, Reinaldo notou que, em 26/08/2010, a matéria teve uma linha alterada ou acrescentada, como pode ser vista aqui:

http://web.archive.org/web/20100826060447/http://www.estadao.com.br/estadaodehoje/20090228/not_imp331197,0.php

O fato é que, após essa mudança, a página sumiu.

Reinaldo fez um print screen da página e postou no twitter

https://twitter.com/rei_lux/status/336390621067632640/photo/1

Novo Jornal .: Política .: Estadão censurou matéria que insinuava uso de cocaína por Aécio

17/04/2011

Mais um quadro enquadrado

Filed under: Isto é PSDB! — Gilmar Crestani @ 8:15 pm
Tags: , , ,

O PSDB pode se vangloriar de seus quadros. O PIG não cansa de publicar: o PSDB possui os melhores quadros… Yeda, era um quadrão. José Serra, um quadrado. Da Opus Dei. E daí?

Aécio Neves é parado na Lei Seca com carteira de motorista vencida

O senador Aécio Neves (PSDB) foi parado numa bliz da Lei Seca na esquina das ruas Bartolomeu Mitre e General San Martin, no Leblon(onde tem boates, restaurantes e bares famosos da cidade), por volta das 3h deste domingo. Segundo o major Marco Andrade, coordenador da Lei Seca, Aécio estava com a carteira nacional de habilitação (CNH) vencida e teve que chamar um amigo para dirigir sua Land Rover. O senador teve o documento apreendido e foi multado em R$ 957,70.

– Essa situação serve como alerta para muitos motoristas que não prestam atenção para a data de vencimento da CNH e acabam sendo surpreendidos ao parar numa blitz – disse o major.Notinha no jornal Extra

Ele quer presidir o país assim?Bebado? Em baladas?.O senador tucano não quis fazer o teste do bafômetro. Ele voltava c para sua residência no Jardim de Alah (zona sul) do Rio) O interessante é que ele é senador de Minas Gerais e estava indo para sua RESINDÊNCIA no Leblon….

Por se recusar a fazer o teste do bafômetro, o Detran do Rio de Janeiro abrirá um processo administrativo contra Aécio, que poderá acarretar na suspensão do direito de dirigir por 12 meses.

Os Amigos do Presidente Lula

Crie um website ou blog gratuito no WordPress.com.

%d blogueiros gostam disto: