Ficha Corrida

13/04/2015

Obama: “The Woman”

Filed under: Barack Obama,Dilma,The Woman — Gilmar Crestani @ 10:07 am
Tags:

O presidente do EUA, sem poder contar com péssima direita brasileira, ve-se na contingência de elogiar Dilma. Já havia feito isso com Lula, mas ainda assim mandou seus xeretas espionarem a Petrobrás e Dilma. No tempo de FHC não havia necessidade disso, o próprio contava tudo. Bill Clinton ficou até com nojo de tanto sabujismo e, para testar até onde ia o limite da falta de hombridade, exigiu que os diplomatas brasileiros teriam de tirar os sapatos para entrarem nos EUA. Conseguiu. O capaxismo de FHC, seu histórico servilismo não tem limites de subserviência. Como convicto ventríloquo, abaixou as calças e ficou de quatro. No seu governo, a Raitheon, com o SIVAM,  deitou e rolou.

Agora esta pedrada no estômago do vira-latas. Ao invés de elogiar o amante de Miriam Dutra, reconhece o papel de Dilma. É, não há mais Geraldo Brindeiro, não há mais engavetador geral. Tudo vem à tona, inclusive aquela corrupção que atolou o PP gaúcho, a RBS e o Gerdau. Viva Dilma, viva a Operação Zelotes. Eles não sobrevivem a uma boa dose de democracia…

Obama: “foi preciso que uma mulher chegasse ao poder, para se começar a limpar a corrupção no Brasil”

12 de abril de 2015 | 12:23 Autor: Miguel do Rosário

11139351_811933225562704_7014198253973102977_n

Essa é para matar coxinha.

O principal elogio de Barack Obama à presidenta Dilma, e foram muitos elogios, foi a sua firmeza no combate à corrupção.

Obama disse, literalmente: “Foi preciso que uma mulher chegasse ao poder para se começar a limpar a corrupção no Brasil”.

De fato, os zumbis que saem às ruas pedindo intervenção militar, em inglês, por causa da corrupção, são pobres coitados lobotomizados pela mídia.

Não fosse a autonomia que Dilma deu à Polícia Federal, e o respeito com que tratou o Ministério Público, mesmo os seus setores mais radicalizados contra o governo, não haveria o combate à corrupção que vemos hoje.

Acho que os coxinhas vão precisar falar outra língua. O inglês não está dando certo.

***

No Portal Metrópole.

Na Cúpula das Américas, Obama elogia Dilma e diz que Brasil é exemplo de combate a corrupção

Depois de um ano, a presidente Dilma Rousseff ouviu finalmente um pedido de desculpas do presidente dos EUA pela espionagem da agência americana no Brasil. Em discurso, o presidente Barack Obama soltou série de elogios sobre a presidente e disse que o Brasil é um exemplo de combate a corrupção

Por Redação – com informações do Estadão

A presidente Dilma Rousseff ouviu finalmente do presidente dos Estados Unidos, Barack Obama, um tipo de pedido de desculpas, ainda que não tradicional, pela espionagem levada a cabo pela National Security Agency sobre o governo e empresas brasileiras. Ao responder se a crise estabelecida em 2013 pela descoberta da espionagem estava superada pela marcação da visita aos EUA para junho deste ano, Dilma revelou o que o presidente americano lhe falou durante a reunião bilateral de hoje: ele lhe ligará quando quiser saber algo do Brasil.

“O governo americano não disse só para o Brasil, mas disse para todos os países do mundo que os países amigos, os países irmãos não seriam espionados. E também tem uma declaração do presidente Obama: ele falou pra mim que quando ele quiser saber qualquer coisa, ele liga pra mim. (Eu) não só atendo, como fico muito feliz”, contou.

O encontro dos dois presidentes durou cerca de meia hora. De acordo com a presidente, os dois trataram dos temas de cooperação que o Brasil quer ver avançar na visita, entre eles cooperação na área de energias alternativas, educação, defesa e o programa Open Skies para a aviação civil.

Em discurso na Cúpula das Américas, a presidente ouviu elogios do presidente Barack Obama: “Vejam só o exemplo do Brasil, em combate a corrupção… Precisou-se que uma mulher chegasse ao poder para se começar a limpar a corrupção”, disse ele.

Descontraída, a presidente agradeceu quando foi elogiada pela elegância. E, ao ser perguntada se o presidente americano havia comentado sua nova silhueta – Dilma perdeu 16 quilos -, respondeu: “Olha, ele não elogiou. Mas eu gostaria que tivesse elogiado.”

Confira o artigo original no Portal Metrópole: http://www.portalmetropole.com/2015/04/no-brasil-precisou-que-uma-mulher.html#ixzz3X6mw7qU2

Obama: “foi preciso que uma mulher chegasse ao poder, para se começar a limpar a corrupção no Brasil” | TIJOLAÇO | “A política, sem polêmica, é a arma das elites.”

Deixe um comentário »

Nenhum comentário ainda.

RSS feed for comments on this post. TrackBack URI

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Blog no WordPress.com.

%d blogueiros gostam disto: