Ficha Corrida

16/05/2015

Peter Sellers ressuscita na jato

A República das Araucárias ressuscitou o inesquecível Inspetor Clouseau. No Paraná em se plantando tudo dá. Planta-se ódio e nasce perseguição. Planta-se professor, nasce porrada. Planta-se corrupto, nasce acusador. No Paraná bandido vira parceiro da Justiça.  Planta-se procurador e nasce cabo eleitoral. Planta-se policial, nasce grampeador. Está na hora de trocar de nome, ao invés de República das Araucárias, República de Bananas. Tudo sob o patrocínio da Rede Golpista.

Eu te escuto, você me escuta. A PF do Paraná e a tragicomédia dos grampos

15 de maio de 2015 | 19:03 Autor: Fernando Brito

escuta-3

Os grandes sites deram a notícia sem detalhes, apenas de que tinha sido encontrado um “aparelho de escuta” prédio da superintendência da Polícia Federal (PF) em Curitiba.

Ponto, mais nada.

Só o repórter Diego Ribeiro, do paranaense Gazeta do Povo, foi um pouco além. E vejam que pérolas que grifei:

“Um grupo de policiais federais descobriu um grampo ilegal dentro da sede da PF em Curitiba. A descoberta foi feita por acaso, enquanto os policias conversavam no cafezinho da PF sobre outra escuta ilegal descoberta na carceragem do ano passado.

O grampo a que eles se referiam foi descoberto na cela de Alberto Youssef. Na semana passada, um agente da PF admitiu que foi ele quem colocou a escuta. E disse que o fez a mando de três delegados que participam da Operação Lava Jato.

Na conversa informal, no cafezinho, os policiais se tocaram de que sempre os agente usam aquele lugar para conversar. E pensaram se não poderia ter alguém ouvindo aquilo ilegalmente. Começaram a procurar e acharam em seguida. A escuta estava em uma caixa de lâmpada de emergência.

Imediatamente, os policiais fizeram o registro da descoberta. Nos depoimentos que prestaram, consta que foi descoberto um aparelho “envolto em fita adesiva”, “aparentemente para captação de sinais sonoros” e “aparentando ter microfones nas pontas”. Curiosamente, um adesivo indicava o número “6”.

A história fica entre a comédia e a tragédia.

Quem entraria na sede da Polícia Federal para colocar um “grampo”? O Ed Mort, do Veríssimo? O detetive de infidelidade conjugal? Os repórteres-grampeadores da Veja?

A escuta na cela de Youssef era para escutar ele falando com as paredes? Ou para saber se ele falava dormindo?

Este policial foi preso? Os delegados que teriam mandado fazer a escuta estão afastados e respondendo a inquérito?

E os agentes, assim, casualmente, enquanto comentam o jogo do Barcelona no cafezinho, têm um estalo de Vieira e saem metendo a chave de fenda nas luminárias, com o “palpite” de que ouviam suas conversas amenas no lanche?

As imundícies da Lava-Jato não se resume, todos estão vendo, aos corruptos. Quando a sede da Polícia Federal vira palco de bandidagem desta natureza e a imprensa se cala está claro que lá, entre as araucárias, está implantado o vale-tudo.

Eu te escuto, você me escuta. A PF do Paraná e a tragicomédia dos grampos | TIJOLAÇO | “A política, sem polêmica, é a arma das elites.”

21/10/2011

Peter Sellers dirige o Inter

Filed under: Andrade Gutierrez,Inter,Pantera Cor-de-Rosa,Peter Sellers,RBS — Gilmar Crestani @ 8:04 am
Tags:

inter_AndradeGutieres

Luigi Gutierrez Sellers

Os dirigentes do Inter estão mais atrapalhados que o inspetor Jacques Clouseau. Foram levados na lábia da Andrade Gutierrez. Se não for para mais nada, o acontecido é suficiente para entendermos a seriedade das empreiteiras no Brasil. E de seu poder. Fica também mais claro porque os corruptores nunca são investigados. A imprensa é a porta-voz dos corruptores.

Luigi só não é mais patético que os colonistas da RBS, que montaram num porco com a perda de faturamento que a empresa para a qual trabalham como celetistas deixa de faturar.

Lasier Martins soltou sua baba raivosa contra os telespectadores. Wianey Carlet, um sabujo que adora abraço de militar, bem apertado, por trás, aprumou-se sobre as patas, as quatro, para misturar a Copa de 2014, Tarso, Dilma, Inter. Mas livrou a “iniciativa privada”. Sim, ele estava falando da privada e pela privada. Pela quantidade de merda que despejou sobre o Beira-Rio é bem provável que tenha enrabado um supositório gigante de laxante.

Luigi: “Objetivo sempre foi sediar a Copa do Mundo”

Presidente do Inter minimizou a perda da Copa das Confederações

Objetivo do Inter sempre foi ser sede da Copa do Mundo, conforme Luigi
Crédito: Fabiano do Amaral

O presidente do Inter, Giovanni Luigi, quebrou o silêncio na tarde desta quinta-feira e minimizou o fato de que Porto Alegre tenha ficado de fora da Copa das Confederações. “O objetivo sempre foi sediar a Copa do Mundo”, afirmou ele, em entrevista coletiva.
O dirigente mostrou-se convicto que o Mundial será no estádio Beira-Rio, ainda que o presidente da Federação Gaúcha de Futebol, Francisco Novelletto, tenha revelado ao Correio do Povo na manhã de hoje que a CBF já cogita transferir os jogos da Copa para a Arena do Grêmio. “Está no site da Fifa: o Beira-Rio é o estádio da Copa do Mundo, inclusive superando os quatro jogos – nós teremos mais um”, disse.
Luigi defendeu a cautela adotada pelo Inter em relação ao contrato com a construtora Andrade Gutierrez. “Eu não posso assumir um contrato de 20 anos sem dirimir todas as condições”, justificou. “Existem cláusulas que continuam sendo discutidas. Isso é normal.”
Para ele, após a confirmação de que Porto Alegre não será sede da Copa das Confederações, o Inter ganhou tempo: “Existe um bom prazo para que a gente tenha as condições necessárias de tocar essa obra”.


Em nota, Inter não lamenta perda

Objetivo do Inter sempre foi ser sede da Copa do Mundo, conforme Luigi<br /><b>Crédito: </b> Fabiano do AmaralMinutos antes da coletiva de Luigi, o Inter divulgou uma nota oficial sobre as obras no Beira-Rio. Dividido em oito partes, o comunicado em momento algum lamenta a ausência da Capital na relação das cidades-sede da Copa das Confederações, embora registre que o clube "gostaria muito de receber" o evento de 2013 e que a escolha se deu por "decisão política".
Em defesa ao Beira-Rio, o Inter afirma que o estádio é o mais avançado para a Copa do Mundo e o único que está recebendo jogos – o que não é verdade, já que a Arena da Baixada, em Curitiba, está sediando partidas do Brasileirão. Contudo, a nota destaca que o estádio “tem todas as condições de estar pronto até 31 de dezembro de 2012”.

Correio do Povo | Esportes | Luigi: “Objetivo sempre foi sediar a Copa do Mundo”

Blog no WordPress.com.

%d blogueiros gostam disto: