Ficha Corrida

12/07/2016

RBS cospe seu bagaço

Filed under: Golpistas,José Fortunati,Operação Zelotes,RBS — Gilmar Crestani @ 8:54 am
Tags:

ZelotskyFoi bom, para a RBS, enquanto durou. Muita especulação imobiliária, jornalismo de aluguel feito por ventríloquos em troca da liberdade de faturar encima de sua manada de midiotas. Até a Rede Globopediu desculpas por ter apoiado a Ditadura, mas a RBS continua chamando o golpe militar de revolução. Sim, revolucionou a vida da famiglia Sirotsky. Já elegeu governadores, ganhou um CRT de mão leve, caça petistas e dá ração para Eliseu Rima Rica, Pedro Parente e amestra funcionários para serem seus porta-vozes no golpe. Todos os golpes!

O caso do Fortunati deveria servir de exemplo, mas parece que os consumidores do “Diarreia Gaúcho”  são como passarinhos cevados, voltam sempre para debaixo da arapuca. E ela continua navegando por suas Ilhas, como já denunciara Diógenes de Oliveira, de Santa Catarina às Ilhas Cayman, passando por Zelotes, Carf. Mas as amizades com gente boa, como Eliseu Rima Rica, enseja sua participação ativa no “Somos todos CUnha” do Parcão.

O desrespeito pelos gaúchos pode ser medido pela preferência em passar, nos domingos à tarde, jogos do Flamengo ou Coríntias, em detrimento da dupla Grenal. É aí que vemos onde mora todo seu amor pelos gaúchos…

O que a RBS tem a dizer a respeito de suas relações com Eliseu Padilha, Pedro Parente, José Ivo Sartori, Michel Temer & Eduardo CUnha? Ela já se perguntou porque sua funcionária Ana Amélia Lemos escolheu o PP gaúcho para se lançar a Senadora? O que a RBS tem a dizer a respeito de suas relações com Augusto Nardes?

Fortunati foi chupado pela RBS, e ele gozou de nós com isso, mas agora chutam-no como cachorro morto, como se sua morte política não derivasse do conluio com a RBS.

Rede Baita $onegadora bota seus “investigadores na rua” para ferrar Fortunati

Por jloeffler – No dia 11/07/2016 -Em Noticias

Agora a RB$ revela em seu jornal ao meio dia que ocorreram fraudes na limpeza de bueiros de esgotamento pluvial em Porto Alegre.
Sabem os que não são burros que onde mais é desviado o dinheiro do contribuinte é nas mais de 5.500 Prefeituras assim como em suas Câmaras Municipais. E isto vem, digamos assim desde sempre. Afora a corrupção óbvia concorre aos problemas no esgotamento pluvial a óbvia falta de educação de nosso povo que descarta tudo o que se possa imaginar e isto acaba sempre na rede de esgotamento pluvial.
Porque essa preocupação agora?
Por que agora não haverá desvio de dinheiro dos contribuintes ao patrocínio do FAVELÃO FARROUPILHA que sempre é realizado no Parque da Harmonia que a RB$ diz ser Parque $irot$ki.
Todo o dinheiro retirado do orçamento das Prefeituras e destinado em nosso Estado em quase todas as cidades às festas “gáuchas” que rendem e muito aos cofres dessa empresa.
Não faz muito tempo essa RB$ caiu de pau tanto na Câmara Municipal de Tramandaí quanto na de Imbé.
O mesmo não foi feito em Capão da Canoa ou mesmo Xangri-Lá por que as Prefeituras de lá com recursos dos contribuintes pagam tais festanças destinadas aos tolos urbanos que por um final de semana se julga “fazendeiros de verdade”.
A imoralidade é tamanha que até mesmo boiadas são alugadas para que os tolos maltratem esses animais.
Capão foi poupada por que sempre ao final da temporada, ou seja, em meados de março realizava a MAIOR FEIRA DE OVELHAS DO PLANETA onde papais e mamães colocavam suas crias à mostra num mercado rentável apenas a algumas, pois as demais só encontrariam o “sucesso” nos lupanares da vida.
Encerrada essa feira a RB$ recebia em dinheiro vivo dos cofres daquela Prefeitura a bagatela de MEIO MILHÃO DE REAIS. Nesse ano tal feira deixou de ser realizada, mas tudo indica que buscaram outros caminhos para carrear o dinheiro dos contribuintes de Capão à RB$.

Por falar em água lembro o estrago feito pelos AGENTES do MP que se juntam com os guardas do Sartori e saem a brincar de ser AUTORIDADE POLICIAL, algo reservado apenas aos DELEGADOS DE POLÍCIA e partiram para cima de uma engarrafadora de água mineral do Vale do Taquari assim como um CC do PMDB do Sartori na área de saúde naquela região. O CC devido a todo o estardalhaço feito nos meios de comunicação teve morte decorrente de problemas cardíacos obviamente agravados com a tal operação. Não estaria o MP assim agindo para pressionar Sartori que vai vetar aumento de salários também a esses AGENTES já muito bem pagos?
Por que esses AGENTES do MP e seus guardas de quarteirão do Sartori não prendem o pessoal do DMAE que está vendendo água aparentemente podre aos que habitam Porto Alegre?

Praia de Xangri-Lá – Saiba tudo o que REALMENTE acontece em Xangri-Lá

12/07/2015

Galinha não voa, mas faz pensar

Filed under: CPMF,Galinha,José Fortunati,Mais Médicos,PSDB,RBS,Tucano — Gilmar Crestani @ 11:46 am
Tags:

Uma coisa é certa: no mundo animal galinha tem mais cérebro que tucano. E como tem bico é menor, diz menos bobagens.

mafia de branco só apoia consumidror de brancaNão há como não concordar com o editor do Xangri-lá, Jorge Loefler. Lendo o texto abaixo, que deu suporte ao comentário do blogueiro, fiquei com a impressão que a rede hospitalar, anterior ao Mais Médicos era excelente e quebrou com a vinda dos médicos cubanos. Ora, quem chega a esta conclusão não merece explicação posto que nem desenhando entende. Não sou nem serei defensor do Fortunati. Não só porque não votei nele como também porque vive de quatro para a RBS. Agora, parece fácil condená-lo pelas trapalhadas do tiririca da Serra, José Ivo Sartori. Devemos lembrar que, com todos os problemas, Tarso Genro aplicou os 12% constitucionais em saúde. Quem votou neste palhaço, no mau sentido, também votou nos toxicômano das alterosas, votou em Lasier Martins e em Ana Amélia Lemos. Não fosse o dinheiro sonegado pela RBS, Gerdau e demais pegos na Operação Zelotes e teríamos, sim, melhores hospitais.

A máfia de branco, que usa dedos de borracha para marcar presença, não gosta de concorrência. A máfia tem razão em defender seus interesses. A população tem direito a exigir mais saúde. O que o editor do CristalVox deveria explicar é, neste tema da saúde, porque ele votou num toxicômano para presidir o país. Afinal, qual dos dois é mais doente, o eleitor ou o Napoleão das Alterosas?!

Precisamos de Mais Médicos, Menos HiPÓcrisia! Por que a Máfia de branco apoia usuário de branca?!

O editor do CritalVox deveria se lembrar de quem, quando era governo, criou a CPMF para investir na saúde, mas quando saiu, fez por enterrá-la. Não admirar que consegui, num curto espaço de texto, dizer tanta boçalidade que só o pode fazer mediante o acompanhamento médico…

GALINHA NÃO TEM MENINGITE

“Diz o blogueiro: o editor do CristalVox foi candidato a deputado estadual obtendo alguns milhares de votos. Seu partido é o PSDB, partido que comprou votos para alterar a Constituição a fim de dar ao Vaidoso Henrique Cardoso, entreguista mor dessa direita nojenta. No segundo mandato eles venderam o que puderam do patrimônio da nação, mas lhes faltou tempo para entregarem a interesses estrangeiros o nosso petróleo. Eleito Lula este percebeu que a miséria era muito grande e em seu governo elevou o ganho dos mais pobres trazendo assim milhões de brasileiros ao mercado de consumo. Lula foi reeleito e elegeu Dilma que foi reeleita embora o outro lado tenha feito tudo o que estava ao seu alcance. Perdida a eleição já no dia seguinte caíram de pau na Presidente democraticamente reeleita. Agora eles estão desesperados, acredito eu por que lhes falta o oxigênio que move a classe política de modo geral, embora haja exceções, que é o dinheiro do Tesouro Nacional. Quando o tal Vaidoso exercia a Presidência nossos diplomas eram humilhados ao ingressarem no território americano, pois lhes era exigido tirassem os sapatos para serem revistados. Com O PT no governo as coisas mudaram.Faz pouco tempo a Presidente tinha visita marcada a Washington e ao saber da escuta de seus telefones feita pelos paladinos da democracia canelou tal visita. Isto é altivez que só os retos impõem. Agora passado algum tempo nossa Presidente esteve lá atendido a convite de Hussein Barak Obama. Faz pouco tempo que sabemos que nosso pré-sal vale trilhões de dólares e isto interessa ao senhores da democracia, nossos ‘amigos’ americanos. A direita está assanhada por saber que se retornarem ao poder poderão entregar nosso óleo aos paladinos da democracia. Isto por certo os faria multimilionários para o resto de suas nojentas vidas.Espero que nosso povo tenha consciência disto e os mantenha longe da Presidência por longo tempo pelo bem de todos nós e de meus netos.”

X.X.X.X.X.X.X.X.X.X.X.X.X.X.X.X.X.X.X.X.X.X.X.X.X.X.X.X.X.X.X.X

Leudo Costa 11 de julho de 2015 Política

prefeito deputada galinha

fortunati regina e a galinha
Na última quinta-feira, dia 9 de julho, um prefeito ex-petista, que sente mais pena das galinhas do que dos pacientes atendidos por médicos cubanos, entrou com uma ação na justiça para que o seu município, a sua “querida” Porto Alegre, receba mais dinheiro para saúde. Disse o prefeito: “Retiramos de outras áreas e concentramos na Saúde. Mas nem isso está sendo suficiente. Se tem alguma prioridade a ser atendida, tem que ser a Saúde. Estamos lidando com vidas, o Judiciário precisa entender isso”. O que ele não disse é que ele e seu ex-secretário, aquele que gosta de livros publicados por repórteres da RBS, lideraram a frente nacional de prefeitos que trouxe o Programa Mais Médicos para o Brasil, que ajudou a destruir a rede Hospitalar e que continua despedindo médicos brasileiros para contratar cubanos em seu lugar !
Porto Alegre atende hoje, e sempre atendeu, um gigantesco número de pacientes vindos do interior. A situação agora agrava-se porque dois surtos de “meningites” atingem o Rio Grande do Sul. O primeiro é real: crianças estão morrendo devido a escassez de recursos que amontoa estudantes nas escolas e pacientes nos hospitais e manda dinheiro para construir aeroportos em Cuba e hospitais na Palestina. A segunda “meningite” é política: o RS era governado pelo peremptório poeta de mão cheia Tarso Genro. Ele quebrou o Rio Grande do Sul mas, por pior que fossem suas relações com a União, ainda assim era petista. Sartori não é do PT e os meningococos que estão matando crianças também não. Isso significa que nesse momento a cidade depende de um prefeito ex-petista relacionar-se com um governador do PMDB para que esse consiga dinheiro de uma presidente que, lá pelas tantas, é o PMDB que pode derrubar. É…não está fácil para as crianças gaúchas com meningite. Já não era fácil: agora tornou-se impossível.
De acordo com o Centro Estadual de Vigilância em Saúde do Estado, o Rio Grande do Sul já registra nove óbitos por doença meningocócica em 2015. As últimas três mortes confirmadas ocorreram em Cachoeirinha e Dom Feliciano. Até agora, já são 39 casos confirmados da doença bacteriana no Estado. Há também o caso de uma morte por meningite viral registrado em janeiro em Canoas. O maior Hospital Materno Infantil do Estado, controlado pela prefeitura de Porto Alegre, o Presidente Vargas, foi sucateado pela passagem de Casartelli pela Secretaria da Saúde. O Hospital da Restinga, que Fortunati diz ter “inaugurado”, não passa de uma UPA que só não é pior que aquela que existe na Assis Brasil e que tanto trabalho vem dando para um Presidente de Sindicato que tem filhos formados em Cuba em virtude das pancadaria e ameaças aos médicos. Esta última é administrada pela “chinelagem” do Grupo Hospitalar Conceição: aquele mesmo que compra aparelhos de pressão por 3 mil reais cada um e coloca próteses de quadril em pacientes que não precisam.
Sugestão para quem vai nascer em Porto Alegre: venha como galinha; não como criança. O prefeito, ele mesmo, vai parar seu carro e atender você. Na pior das hipóteses, lembre-se: Galinha não Tem Meningite!

O texto foi produzido a 04 mãos. Pelo médico Milton Simon Pires e pelo editor do Cristalvox.

Copiado de: http://cristalvox.com.br

Praia de Xangri-Lá

26/04/2015

Sinal de limpeza: ratos fogem aterrorizados

Filed under: Carlos Lupi,José Fortunati,Lasier Martins,PDT,Porto Alegre,RBS,Sigla de Aluguel — Gilmar Crestani @ 10:02 am
Tags:

Foi simbólica a soltura de ratos no Congresso. Eles ficaram por lá e votaram a favor da terceirização. No RS, o PDT virou sigla de aluguel, alugado pela RBS. A parceria que entregava pontos essenciais do mercado imobiliário da Capital aos interesses da RBS era uma venda casada com a entrada do seu funcionário, Lasier Martins, no PDT. O PDT gaúcho fez campanha e votou com Aécio Neves. E só o Carlos Lupi não sabe disso porque se comporta como ratazana roendo o chocolate do Governo Federal. Pior do que fazem, é sair a público, depois de hibernarem em esgotos com este tipo de raciocínio.

Como pode se chamar de trabalhista um partido que vota a favor da precarização das relações do trabalho? O PDT consegue ser um bando ainda pior que o PMDB. Vem, achacam, e depois saem atirando. Ou não é achacar pedir um “naco de poder” maior? Querem mais poder para destruir mais rapidamente a agenda social.

O chororô de partido nanico é de fazer inveja ao Ronaldo Caiado. Ao primeiro sopro de aragem no porão do navio, os ratos entram em polvorosa. Depois de roerem o chocolate, ficam com síndrome de abstinência, se revoltam e saem a nado. Desde que Brizola se foi, o PDT nada. Nada na lama. Vivia pendurado nas tetas do Governo Federal. A menor oxigenação, entram em estertores.

Carlos Lupi é só o chefe das ratazanas. Gilmar Sossella, ex-presidente da Assembleia Legislativa do RS, explica o fenômeno ratazada do Carlos Lupi. É de Sossella que Lupi tirou a imagem de ratazana.

A administração de Porto Alegre, sob o comando do PDT, dá uma boa ideia do que fazem as ratazanas no poder.

Carlos Lupi: ‘o PT roubou demais e se esgotou’

:

Presidente do PDT, Carlos Lupi, anuncia que o partido deixará, em breve, a base governista; "A gente não quer ser um rato, que foge do porão do navio quando entra a primeira água, mas também não queremos ser o comandante do Titanic, que ficou no barco até ele afundar", afirmou

26 de Abril de 2015 às 09:04

247 – Em entrevista à jornalista Isadora Peron, do jornal Estado de S. Paulo (leia aqui), o presidente nacional do PDT e ex-ministro do Trabalho Carlos Lupi atacou duramente o PT.

"O PT exauriu-se, esgotou-se. Olha o caso da Petrobras. A gente não acha que o PT inventou a corrupção, mas roubaram demais. Exageraram. O projeto deles virou projeto de poder pelo poder", disse ele.

Lupi criticou ainda a relação do PT com os partidos da base aliada. "A conversa com o PT, com o meu amigo Lula e com a presidente Dilma, é qual o naco de poder que fica com cada um. Para mim, isso não basta. Eu não quero um pedaço de chocolate para brincar como criança que adoça a boca. Eu quero ser sócio da fábrica, eu quero ajudar a fazer o chocolate."

Por fim, anunciou o desembarque do governo Dilma. "A gente não quer ser um rato, que foge do porão do navio quando entra a primeira água, mas também não queremos ser o comandante do Titanic, que ficou no barco até ele afundar".

Carlos Lupi: ‘o PT roubou demais e se esgotou’ | Brasil 24/7

25/08/2014

Miséria de Porto Alegre faz Fortuna da RBS

IMG_20140820_170129a A parceria do Fortuna com a RBS na especulação imobiliária virou especulação jornalística. A única coisa que não se especula mais é  má qualidade da administração municipal. A Estrada Retiro da Ponta Grossa, que utilizo todos os dias, desde maio não recebe uma pá de terra para tapar os buracos. Passou o inverno sem que houvesse um mínimo de atenção.

A foto é da semana passada. Hoje, com a chuva, ficou ainda pior. Mas eu ando de carro, devagar, mas ando. E como ficam todos os que moram por aquelas bandas que não têm carro, e caminham por quase 1 km para pegar o ônibus que simboliza a relação da Prefeitura com a RBS: 171 Ponta Grossa.

Só a parceria de uma inutilidade pública, como este prefeito, com uma máfia imobiliária, que é a RBS, poderia resultar neste descalabro administrativo.

Mas pode ficar pior. Em gesto das relações amistosas entre a RBS e prefeitura, o PDT ganhou um bibelô para Senador. Lasier Martins faz nos comícios o que aprendeu nos corredores da RBS: Mentir! E como se a desgraça fosse pouca, a RBS desovou outro ovo para chocar no Palácio Piratini. Por enquanto é apenas Ameba. Imagine se virar Yeda! Aí, sim, Crusius credo!

Rombo na prefeitura pode chegar a R$ 300 milhões este ano

É comovente o esforço que a Zero Hora faz diariamente para preservar o prefeito José Fortunatti no noticiário sobre a administração municipal de Porto Alegre.

Nesta segunda-feira mesmo se pode ler, na coluna política do jornal, o título burocrático – “Contenção de gastos na prefeitura”. É um caso exemplar – a uma nota sobre as contas públicas da capital, que estão há dois anos no vermelho.

No ano passado, o balanço da prefeitura apresentou um buraco de quase 150 milhões de reais, equivalente a quase 10% da receita de impostos.

Já era o segundo ano consecutivo no negativo (em 2012, o déficit foi de 60 milhões de reais) e está a caminho do terceiro ano.

Segundo a mesma nota, o déficit mensal este ano está entre 25 e 30 milhões. O que significa que no final de 2014, o rombo pode superar os 300 milhões de reais.

As causas apontadas – despesas com a Copa do Mundo e redução da atividade econômica – não convencem, quer pelo valor dos investimentos com recursos próprios nas obras da copa, quer pelos dados do balanço do ano passado, quando a receita de impostos cresceu quase 4% acima da inflação.

Assim, sem esclarecer as causas nem dar a real dimensão do problema, o jornal destaca o esforço da prefeitura em “racionalizar as despesas” para voltar ao equilíbrio.

Será essa uma das contrapartidas pela permissão, acertada com o gabinete do prefeito, para que o jornal promova seus 50 anos com instalações temporárias nos principais parques da cidade?

Rombo na prefeitura pode chegar a R$ 300 milhões este ano | Jornal Já | Porto Alegre | Rio Grande do Sul

14/10/2012

O homem rbsiano

Filed under: Grupos Mafiomidiáticos,José Fortunati,MAIOJAMA,RBS — Gilmar Crestani @ 9:49 pm

 

A capa de ZH e o “homem forte” de Fortunati

A pieguice über açucarada da capa de Zero Hora, edição de terça passada (9/out), é algo. José Fortunati (PDT) sai vitorioso em Porto Alegre. Divide a vitória com o grupo RBS/Maiojama e o guloso interesse imobiliário pelos 72 quilômetros de orla fluvial urbanizável do lago do Guaíba.

Não por acaso, o coordenador da campanha eleitoral de Fortunati chama-se Edemar Tutikian, o mago da dialética do concreto (mas não no sentido kosikiano), o David Copperfield das revitalizações urbanas, o Tio Toni do cais-mauá-dos-grandes-investimentos, e outras feitiçarias imobiliárias e afins.

Hoje, o jornal Zero Hora (coluna Página 10) estampa uma pequena nota onde admite que Edemar Tutikian será um dos “homens fortes” do re-prefeito Fortunati e o responsável pelos “grandes projetos”.

Já se vê que experimentaremos grandes emoções no próximo quadriênio administrativo de Porto Alegre.

Diário Gauche

A coca, Fortunati!

Filed under: Coca-Cola,José Fortunati — Gilmar Crestani @ 8:53 pm

 

FORTUNAti, Coca Cola, Família Vontobel* e Jesus Cristo; uma coligação explosiva!

Não é de hoje o assalto ao patrimônio público, pelos ícones do capitalismo como no fabricantes de bebidas e de cigarros. Mas em Porto Alegre esse assalto atingiu níveis alarmantes. Logicamente um assalto com largo amparo midiático, já que são ou serão anunciantes destes meios de comunicação, e que estão muito longe de representar a “voz do povo”!

Mas o que impressiona é a cara de pau deste governo reeleito, financiado por construtoras e amparado por uma ala da Câmara de Vereadores apelidada de bancada do cimento. O foco é a explosão imobiliária de uma cidade que passou anos estagnada.

Fortunati age como um substrato de granito que embasa toda sorte de assalto aos direitos e patrimônio moral dos porto-alegrenses. Como, por suas palavras, Porto Alegre é Governada por Jesus, concluímos que algo está errado. Ou Jesus enlouqueceu!

Ocaso do Auditório Araujo Viana é um desaforo. Conheci o auditório em um discurso de Leonel Brizola, em Janeiro de 1964. Eu tinha 6 anos.
Sete anos para reinaugurar um espaço que foi licitado, e o ganhador utiliza-se de verba da pública para a reforma. Proíbe manifestações políticas, sindicatos, etc…Alôôôôôôô "Projeto Monumenta!

Como se não bastasse, a OPUS, ganhadora da licitação, cerca o entorno, que também é espaço público, onde estudantes e trabalhadores lagarteiam após o meio-dia.

Já a família Vontobel, proprietária da marca Coca Cola, não é a primeira vez que se envolve em uma polemica com relação à ocupação de espaços públicos.

O espaço Coca Cola, que invadiu o espaço Glênio Perez, também proibiu manifestações culturais, ambulantes e manifestações políticas.

O episódio do “Tatu Bola”é o melhor exemplo deste governo anti-democrático. Se o espaço é público, quem deveria estar tomando conta é a guarda municipal, e não a Brigada Militar, que ao que parece extrapolou seu espírito anti-democrático. O Vice-Prefeito eleito, Sebastião Melo , que disse que “democracia também necessita de porrete”, é outro bom exemplo do que nos aguarda.

Ou seja, essa gente não gosta de povo.

Pois o povo tem o dever de retomar esses espaços que são seus. A bancada do cimento e o governo da argamassa ergueram dois ícones ao protesto dos movimentos sociais: O Auditório Araújo Viana e o Espaço Glênio Perez.

Como o patrimônio está nas mãos do privado, que a Coca Cola processe os “vândalos”. Certamente estará dando um tiro no pé, já que alguns são consumidores desta “água negra do imperialismo”. E realimentando este processo!

Vamos ocupá-los, pois!

Turbulências nos aguardam.

……… A C A R A P U Ç A ……

13/10/2012

Porto Alegre acoca!

Filed under: Coca-Cola,José Fortunati,Porto Alegre,Privatidoações — Gilmar Crestani @ 9:23 am

 

É isso aí!

Blog do Kayser

04/10/2012

Manuela pede 2º turno intere$$ada nas obras da copa…

Filed under: Adão Villaverde,Eleições,José Fortunati,Manuela D’Ávila — Gilmar Crestani @ 7:08 am

Sabem qual a diferença entre José Fortunati, Manuela D’Ávila e Adão Villaverde? Eu também!

Manuela pede 2º turno e diz que espera apoio do PT

:

Candidata à Prefeitura de Porto Alegre, Manuela D´Ávila (PCdoB) avalia que fez a sua parte para contar com o apoio do PT no equilíbrio de forças entre as candidaturas opositoras à atual administração municipal; "Nosso esforço será sempre nos unirmos com candidaturas opostas"

3 de Outubro de 2012 às 10:46

Rachel Duarte _Sul 21 – Os próximos quatro dias até a votação de domingo, 7 de outubro, serão de empenho da militância para levar a candidata à Prefeitura de Porto Alegre Manuela D´Ávila (PCdoB) ao segundo turno. Pelo menos este foi o pedido claro e uníssono no comício da comunista nesta terça-feira 2, no Largo Glênio Peres. Lideranças nacionais e estaduais dos partidos que integram a coligação e até apoiadores dissidentes de outras candidaturas, como a senadora Ana Amélia Lemos (PP), foram ao microfone renovar forças para reverter a tendência de vitória em primeiro turno na capital gaúcha. "O prefeito está reclamando da falta de tempo para responder sobre as questões da cidade? Vamos dar mais 20 dias para ele", disse Manuela.

Antes de falar com os militantes, Manuela foi enfática com a imprensa sobre o centro da campanha ser não medir esforços para ir ao segundo turno. Ela avalia que fez a sua parte para contar com o apoio do Partido dos Trabalhadores no equilíbrio de forças entre as candidaturas opositoras à atual administração municipal. "Nosso esforço será sempre nos unirmos com candidaturas opostas à atual situação de Porto Alegre", disse, ressaltando a expectativa de aliança com o PT em um eventual segundo turno.

O deputado estadual Miki Breier (PSB) lamentou a aliança não ter ocorrido já no começo da campanha. "É fundamental o PT estar conosco. Teremos o mesmo tempo de TV para contrapor o prefeito. Esta aliança deveria ter acontecido antes. Mas acredito que iremos para o segundo turno e o partido do governador Tarso Genro será a força que pesará na disputa", disse.

O vice-governador do estado, Beto Grill (PSB), também avaliou que a reedição de uma Frente Popular com PSB, PCdoB e PT deveria ter sido efetivada há três meses. "O bloco que elegeu Tarso Genro deveria ter sido reeditado antes. O processo mais democrático é estender o tempo do debate para dar uma disputa com mais igualdade de condições no segundo turno", avaliou.

"É uma aliança natural. Somos a mesma oposição à mesmice desta gestão de Porto Alegre. Não tenho dúvida de que o PT não ficará neutro", disse o deputado Raul Carrion. Para ele, as pesquisas que apontam para a reeleição de José Fortunati não retratam a realidade. "Se fosse assim o Olívio Dutra nunca teria governado. Nos últimos dias da eleição o Britto (Antonio) aparecia líder e deu segundo turno", comparou.

Pesquisa não revela a realidade, afirmam apoiadores

Desconsiderar os números das últimas pesquisas de intenção de voto em Porto Alegre foi o estímulo dos correligionários de Manuela D´Ávila para impulsionar a militância que enfrentou a chuva e permaneceu até o final do comício. O mau tempo acelerou um pouco os discursos e abreviou a fala da candidata. "Vou ser breve porque já participei de vários comícios com chuva. As bandeiras molham e ficam pesadas", disse Manuela.

Com um palco repleto de candidatas e mulheres da política, e com a fala de apoio do presidente da União Nacional dos Estudantes (UNE), a expectativa do voto de gênero e da juventude foi reforçada. "Nós somos a esperança de renovação para outras gerações. Depois de Loureiro, Brizola e das gerações que elegeram Lula e Dilma", disse a comunista. Segundo o presidente da UNE, Daniel Iliescu, "não há nenhuma outra candidatura que disputa a eleição municipal no país que represente a história dos caras-pintadas".

Presença quase ilustre no comício, a senadora Ana Amélia Lemos (PP) salientou as razões de sua dissidência do PP coligado com José Fortunati. "Eu apoio a Manuela porque ela conhece o que Porto Alegre precisa. Esta é uma candidatura limpa e sem uso de máquina. Estas promessas e abusos de poder, como o que aconteceu na Rubem Berta, não nos intimidarão", defendeu Ana Amélia, lembrando o episódio de suspeita de compra de votos a ser investigado pelo Ministério Público do RS.

"É mentira que as obras da Copa estão andando", disse Danrlei

O deputado federal Danrlei de Deus (PSD) fez um alerta sobre o balanço das obras da Copa do Mundo em Porto Alegre. Membro da comissão que avalia o andamento das obras do mundial nos estados, o parlamentar disse que "é mentira o que aparece na televisão". Segundo ele, o governo federal liberou R$ 500 milhões para os investimentos em infraestrutura para Porto Alegre ser sede da Copa há dois anos e as obras avançaram apenas no ano da eleição. "Nada foi feito. Agora existem canteiros e tapumes para dizer que as obras estão andando. É mentira. Assim como mentem estas pesquisas eleitorais. O povo na rua diz a realidade. Nada ficará pronto em tempo com o atraso da aplicação destes recursos para começar em tempo as obras da Copa", falou.

Manuela agradeceu a persistência dos militantes que compareceram ao comício e disse que a luta não está ganha. "Que esta chuva lave a alma dos eleitores que querem um governo de quatro anos e não de quatro meses. Até domingo, quero que vocês acordem e olhem no espelho e enxerguem a renovação que queremos para Porto Alegre", disse.

Manuela pede 2º turno e diz que espera apoio do PT | Brasil 24/7

12/09/2012

E a Porto Alegre da RBS virou isso…

Filed under: José Fortunati,Manuela D’Ávila,Porto Alegre — Gilmar Crestani @ 7:50 am

Fortunati é o braço imobiliário da RBS. Mas como a RBS é ávida por todos os lados, buscou inocular na Manuela a Ameba Lemos. E tudo poderia ter sido diferente não fosse um Tarso e seu grupelho depurando o PT para extrair dele os “elementos” estranhos a sua Utopia do Possível. O Tarso é um FHC com mais vocabulário. Impôs esse musse de xuxu do Villaverde e agora os porto-alegrenses ficam assim entre tu & ela, sopa da mesma tijela. A Manuela é a flor do comunismo sob nova definição. Esse balão, tanto mais se aperta, menos sai. Só usando aspirador. É tão comum a sua política de balaio de gatos que em nada se distingue do político mais tradicional dos grotões. Já Fortunati,  pelo simples fato de engolir a especulação imobiliária e o apoio nem tanto velado assim da RBS, e ter ao seu lado figurinhas como Vieirinha & Simon, é a repetição como farsa. É, e depois ainda teremos a dobradinha da Ana Amélia & Manuela para governador! Ninguém merece!

Fortunatti amplia liderança sobre Manuela em Porto Alegre

Fortunatti amplia liderança sobre Manuela em Porto AlegreFoto: Divulgação_Nabor Goulart/Divulgação

Atual prefeito, do PDT, pode definir a disputa ainda no primeiro turno na capital gaúcha

12 de Setembro de 2012 às 04:33

247 – A nova pesquisa Datafolha em Porto Alegre abriu a possibilidade de vitória do atual prefeito, José Fortunatti, do PDT, ainda no primeiro turno. Ele foi de 36% a 41%, enquanto sua principal adversária, Manuela D´Ávila, do PC do B, caiu de 32% a 30%. O terceiro postulante ao cargo, Adão Villaverde, manteve os 7% da pesquisa anterior.

Fortunatti conta com a maior coligação, o maior tempo de televisão e uma rejeição menor do que a dos adversários. Manuela tenta pela terceira vez se eleger prefeita de Porto Alegre, mas ele tem enfrentado dificuldades para “vender” sua boa relação com a presidente Dilma, uma vez que o PT lançou candidato próprio na capital gaúcha.

Fortunatti amplia liderança sobre Manuela em Porto Alegre | Brasil 247

04/08/2012

Uma Fortuna(ti) acocada

Filed under: Coca-Cola,José Fortunati,Porto Alegre — Gilmar Crestani @ 8:44 am

Porto ALegre – A prefeitura da Coca-Cola

Prédio da Prefeitura de Porto Alegre

Por Erick da Silva

A imagem acima, do prédio da Prefeitura de Porto Alegre, simboliza bem a relação da prefeitura com as empresas privadas. A apropriação dos espaços públicos pela iniciativa privada tem perigosamente se disseminado na cidade. Primeiramente com o prefeito Fogaça (PMDB) e agora com Fortunati (PDT), tem se adotado uma política de "parceria" com a iniciativa privada junto aos espaços públicos da cidade, cujos critérios e objetivos destas parcerias são no mínimo questionáveis e mostram uma incapacidade da própria prefeitura em manter os espaços públicos para a população.

Estas parcerias tem sido, na prática, estabelecida através da entrega de áreas públicas por um determinado período, onde a empresa (Coca-cola, Pepsi, Opus, etc) realiza algumas medidas paliativas e pontuais de "revitalização" da área e elas, em contrapartida, poderão usufruir associando sua marca ao local, para fins de publicidade, ou mesmo obtenção de lucro direto através da gestão e uso comercial do espaço (caso do Araújo Viana). O poder público passa, na prática a abdicar de sua responsabilidade e delega para empresas o que deveria ser sua competência.

As parcerias público-privadas não são um problema em si, em determinadas situações e contextos específicos, podem vir a garantir determinados serviços para a polução. No entanto, a difusão descriteriosa deste expediente pode gerar uma inversão do papel do agente público, que pode passar a administrar visando principalmente os interesses destes parceiros privados, e não os da população.

Este tipo de parcerias tem sido, muitas vezes, a ante-sala para práticas de corrupção. Não raras vezes estas mesmas empresas envolvidas nestas parcerias convertem-se nos futuros doadores para as campanhas eleitorais. O conflito de interesses é evidente. Isso para não falarmos de um outro problema correlato que é o da especulação imobiliária,que tem promovido uma elitização de áreas da cidade, facilitado por mudanças no Plano Diretor, impulsionado pela atual administração e pelo lobby das grandes empreiteiras.

Voltando a questão dos espaços públicos, outro elemento diz respeito ao próprio caráter público da cidade. O direito da população a sua cidade se enfraquece, na medida que marcas privadas passam a se apropriar dos espaços públicos, a lógica de mercantilização da cidade passa a prevalecer. A população fica ainda mais apartada dos rumos da cidade, o espaço público, como uma praça, logradouro ou o próprio prédio da prefeitura, tendo sua vinculação a Coca-Cola, por exemplo, passa a imagem de que aquele espaço, que outrora era da população, agora está vinculado aquela marca. A história daquele espaço, sua vinculação com seu povo, passa a ser secundário, é a marca da empresa que passa a prevalecer. O caráter público torna-se difuso e a noção de pertencimento e de uso daquele espaço público pela sua população se altera para uma relação de maior distanciamento.

O "direito à cidade", em Porto Alegre nunca esteve tão ameaçado. Como aponta David Harvey, o "’direito à cidade’ não é simplesmente um direito de acesso ao que existe. É um direito de participar da construção e da reconstrução do tecido urbano, de formas mais condizentes com as necessidades da massa da população." É estabelecer uma dinâmica democrática sobre a própria concepção de cidade, o que não ocorre em Porto Alegre.

A gestão dos espaços públicos tem perdido o seu caráter "público". Deixamos de ter uma relação entre a prefeitura e seus cidadão, o que temos é uma relação entre empresas e clientes e todos sabemos que está é uma relação onde o conjunto da população sempre acaba perdendo.

Aldeia Gaulesa

11/09/2011

Vamos trocar os buracos do Fortunati pelos da Manuela?

Filed under: IBOPE,José Fortunati,Manuela D’Ávila,Porto Alegre — Gilmar Crestani @ 10:17 am

Está certo que tem chovido como nunca dantes, mas as ruas de Porto Alegre estão sofrendo como se fosse um Tsunami. A demora para tapar os buracos talvez esteja na razão direta da altura do Fortunati. Quem vai tapar os buracos da Manuela será o Busatto? Eu só vou escolher meu candidato depois da RBS. Voto naquele que os veículos desta empresa mafiomidiática mais atacar.

Manuela e Fortunati largam na frente na disputa pela prefeitura da Capital, aponta Ibope

Dos três pré-candidatos do PT que constam nas simulações, Maria do Rosário teve maior índice

A primeira pesquisa Ibope para a prefeitura de Porto Alegre em 2012 mostra a deputada federal Manuela D’Ávila (PC do B) e o atual prefeito José Fortunati (PDT) à frente na maioria dos cenários. Entre os três pré-candidatos do PT que constam no levantamento, a deputada federal Maria do Rosário (PT) é a que obteve maior percentual.

>>Confira os números da pesquisa

Realizado entre os dias 2 e 5 deste mês, a pesquisa encomendada pelo Grupo RBS apresenta sete cenários de disputa. No primeiro, em que aparecem Manuela, Fortunati e Rosário, a pré-candidata do PC do B lidera com 27% das intenções de voto, seguida pelo prefeito, que obteve 25%. A diferença entre os dois está dentro da margem de erro, que é de quatro pontos percentuais. Já a petista tem 18%.
Nessa primeira simulação, Manuela obtém melhor desempenho entre as mulheres (30%) e entre os eleitores de 16 a 24 anos (46%). Já Fortunati é mais citado pelos homens (28%) e entre os entrevistados com 50 anos ou mais (30%).
Quando Rosário é substituída pelo deputado estadual Raul Pont, o petista aparece com 10% ou 13%, dependendo da simulação. Quando o vereador de Porto Alegre Adeli Sell é colocado como o pré-candidato do PT, o índice é de 1% das intenções de voto.
O Ibope também realizou simulação sem o PT: Manuela aumenta o percentual para 35% ou para 33%, dependendo do cenário, enquanto Fortunati fica com 29% ou 28%.
O Ibope também perguntou sobre o índice de rejeição dos possíveis candidatos à eleição de 7 de outubro de 2012. Raul Pont aparece em primeiro, com 16%, seguido por Rosário (14%), Manuela (13%), Ibsen Pinheiro (12%) e Fortunati (11%).

Ficha técnica

— Pesquisa de campo: 2 a 5 de setembro
— Amostra: 602 entrevistas
— Margem de erro: quatro pontos percentuais, para mais ou para menos.

Manuela e Fortunati largam na frente na disputa pela prefeitura da Capital, aponta Ibope | Política

Crie um website ou blog gratuito no WordPress.com.

%d blogueiros gostam disto: