Ficha Corrida

27/11/2014

FRIBOI, “do Lulinha”, doou R$ 40 milhões ao Aécio

veja-lulinhaDaniel Graziano, filho do Xico Graziano, foi o autor e o espalhador dos boatos entorno do filho do Lula, o Lulinha. Entre castelos, aviões e tantas outras fanfarronices, também espalhou, com apoio da Veja, que Lulinha era o verdadeiro dono da FRIBOI

Hoje a Folha de São Paulo traz dados a respeito das doações milionárias ao Aécio Neves, colocando a Friboi como o principal doador, com R$ 40 milhões. Embora não seja o escopo do texto da Folha, por ele pode-se entender porque o PSB é contra o financiamento público. E aí, nas entrelinhas, também aparece as digitais de Gilmar Mendes. É mais do que sabido que o STF votou pelo financiamento público, mas quando o escore já estava em 6 x 1, Gilmar Mendes simplesmente, mesmo não podendo mais mudar o resultado, pediu vistas e sentou encima do processo. Enquanto não extirparem este câncer do STF, inoculado pelo FHC, o Poder Judiciário (tapetão voador do PSDB) está para o PSDB como o ponto de apoio para alavanca de Arquimedes.

A tática do PSDB e seus aliados do Instituto Millenium é por de demais conhecida: tudo o que eles fazem eles acusam os demais. E, com a ajuda das cinco irmãs (Veja, Estadão, Folha, Globo & RBS), dá certo.

Consulte dos dois links abaixo para ver como funciona a máquina de difamação do PSDB assoCIAda aos grupos mafiomidiáticos.

https://www.google.com.br/search?q=friboi+lulinha&client=firefox-a&hs=rmc&rls=org.mozilla:pt-BR:official&source=lnms&tbm=isch&sa=X&ei=3fF2VIDvEoGlgwT7jYPYAg&ved=0CAoQ_AUoAw&biw=1920&bih=912

http://www.viomundo.com.br/denuncias/dono-da-friboi-lulinha-nao-decidiu-se-processa-filho-de-graziano.html

Campanha de tucano arrecadou R$ 201 mi, 83% a mais que 2010

JBS, Andrade Gutierrez, Cutrale e Odebrecht doaram R$ 77 mi

DE SÃO PAULO

A campanha presidencial do senador Aécio Neves (PSDB-MG), segundo colocado na disputa pelo Palácio do Planalto, arrecadou cerca de R$ 201 milhões, 83% a mais do que em 2010, quando o candidato tucano era o ex-governador de São Paulo José Serra, eleito senador.

Os dados fazem parte da prestação final de contas eleitorais entregue pela campanha tucana ao TSE (Tribunal Superior Eleitoral). Por um problema técnico, os dados foram divulgados apenas nesta quarta-feira (26).

Na sucessão presidencial de 2010, a campanha de Serra arrecadou R$ 110 milhões, em valores atualizados pela inflação oficial do período.

A empresa que mais doou recursos para a candidatura de Aécio Neves foi a JBS, dona do frigorífico Friboi, com R$ 40 milhões.

Na sequência, figuram com destaque a Andrade Gutierrez (R$ 19 milhões), a Cutrale (R$ 9,8 milhões) e a Odebrecht (R$ 8 milhões).

As contribuições de pessoas jurídicas somaram R$ 193,1 milhões (96% do total arrecadado neste ano).

A análise da Folha levou em conta os recursos arrecadados pelo comitê financeiro da campanha presidencial.

As receitas e despesas estimadas ""serviços prestados e calculados como doações"" não foram considerados.

A candidatura do tucano teve uma despesa total de cerca de R$ 216 milhões, deixando, assim, uma dívida em torno de R$ 15 milhões.

Os gastos foram inferiores ao teto previsto no início da corrida presidencial pelo tucano, de R$ 290 milhões.

Os maiores gastos foram os referentes a despesas com marketing e comunicação da campanha eleitoral.

O tesoureiro da candidatura tucana, José Gregori, acredita que novos recursos sejam doados nas próximas semanas. Ele espera quitar tudo "até meados do ano que vem".

21/08/2014

Ué, mas a Friboi não era do filho do Lula…

Filed under: ANJ,FRIBOI,Grupos Mafiomidiáticos,Manipulação,Ricardo Setti,Veja — Gilmar Crestani @ 11:04 pm
Tags: ,

Montagens a respeito da fortuna do filho do Lula nasceram das mãos sujas do PSDB, ganharam espaço e parceria na Veja mas se proliferam como gafanhoto pelas mãos da manada anencefálica. É só pesquisar no Google. Alguns já apagaram as imagens, mas o cache as guarda. Estão todas lá hospedadas pelos descebrados, que, por não terem cérebro, entopem com lixo mesmo.

A justiça já descobriu caluniadores e propagadores das mentiras. E agora, a empresa que seria do Lulinha, é a maior patrocinadora para tentar fazer de Marina Silva a (ji)bóia da direita.

A ANJ saiu para apoiar Marina mas não saiu em defesa de Sandra Gomide, e assim Pimenta Neves, o ex-diretor de Redação do Estadão, pode fazer com ela, pelas costas, o que fazia com os leitores pelas páginas do Estadão.

Portanto, vamos boicotar os produtos da FRIBOI. Lulinha agradece!


veja lulinha
Ricardo Setti, da Veja, é um dos propagadores de imagens falsas. Já pediu desculpas, mas o criminoso sempre volta ao local do crime.  
   

Associação dos Jornais e Friboi entram na campanha de Marina com anúncio em O Globo

21 de agosto de 2014 | 12:01 Autor: Fernando Brito

anj

Os assinantes de O Globo no Rio de Janeiro receberam hoje, em casa, a mais descarada propaganda de Marina Silva, “paga” pela Associação Nacional de Jornais.

A mesma ANJ que na eleição de 2010 disse que era “a verdadeira oposição” a Lula.

Que assina a peça em conjunto com a Friboi, aquela que diziam que era do “filho do Lula”, lembram-se?

O anúncio é um imenso farisaísmo e foi visto por um leitor do blog, o Nikola, que me alertou. Miguel do Rosário recebeu um exemplar assim e escaneou para que todos vejam.

Usando um perfil do Facebook – não o encontrei pelo nome alegado, apenas homônimos – simula um espanto com a confirmação da candidatura Marina Silva.

E exibe a candidata numa foto triunfal, com o braço erguido junto com seu vice.

É claro que o jornal tem o direito de publicar as fotos de Marina ou de qualquer outro candidato.

Mas é um anúncio, pago, e a escolha do tema tem todo o sentido de propaganda.

Será isso a tal “liberdade de expressão”?

Nas barbas do TSE, o poder econômico e de mídia se unem para promover uma candidata.

Ou, talvez, tenham razão.

A imprensa brasileira tem lá algo de açougue.

Associação dos Jornais e Friboi entram na campanha de Marina com anúncio em O Globo | TIJOLAÇO | “A política, sem polêmica, é a arma das elites.”

Blog no WordPress.com.

%d blogueiros gostam disto: