Ficha Corrida

06/02/2014

Gilmar Dantas

Filed under: Antonio Mahfuz,Gilmar Dantas,Gilmar Dementes,Gilmar Mendes — Gilmar Crestani @ 8:50 am
Tags:
Afinal, o que é mais suspeito: um Ministro do STF, na calada da noite, soltar um páreo de Habeas Corpus em favor de um banqueiro pego no ato de corromper, ou Genoíno  pagar fiança com a ajuda da militância petista? Aliás, o que Gilmar Mendes acha da foto do Joaquim Barbosa confraternizando com o fugitivo da justiça, Antonio Mahfuz. Quando Gilmar Mendes vai se pronunciar a respeito da lista de Furnas, aquela em que aparece o nome dele? Ou a respeito do dinheiro que rolou das contas da Siemens e Alstom para seus correligionários? Quem é mesmo o jagunço de Planaltina?
O mais engraçado nesta dobradinha entre STF e Grupos Mafiomidiáticos é a ideia que o povo não percebe essas manobras coordenadas pelo Instituto Millenium.
Alguém viu, ouviu ou leu alguma preocupação de Gilmar Mendes a respeito dos desvios de milhões da Alstom e Siemens pelo P$DB? Qual é mesmo a opinião de Gilmar Mendes a respeito da sonegação de R$ 650 milhões da Globo? O que ele tem a dizer sobre os 450 kg de cocaína, no valor de R$ 50 milhões apreendidas num helicóptero do Zezé Perrella, cujo piloto é funcionário do Perrella e a Fazenda onde foi deixada a cocaína também era do Perrella, sem contar que a Assembléia Legislativa de Minas Gerais abastecia o helicóptero? Para esclarecer estes fatos, que podem chegar ao seu correligionário, Aécio Neves, ele pediu investigação! Por que ele nunca se manifestou a respeito da parceria da Veja com Carlinhos Cachoeira e Demóstenes Torres?
Com a ajuda do impoluto MP do Gurgel & Demóstenes Torres o STF de Gilmar Mendes e JB ainda vão conseguir provar que o dinheiro da fiança de Genoíno saiu da ALSTOM e Siemens. Tudo não passa de uma calúnia do PT para manchar a imagem imaculada do divino Partido Só De Banqueiros. Ou o Congresso acaba com o proselitismo político do STF ou o STF acabará fechando o Congresso.
Senador Suplicy diz que Gilmar Dantas é um analfabeto jurídico

André Richter, repórter da Agência Brasil

O senador Eduardo Suplicy (PT-SP) criticou hoje (4) as suspeitas levantadas pelo ministro Gilmar Mendes, do Supremo Tribunal Federal (STF), sobre a origem do dinheiro doado por apoiadores do PT para pagar multas dos integrantes do partido condenados na Ação Penal 470, o processo do mensalão.

O senador disse que não há nenhuma irregularidade nas doações feitas aos condenados e que fez doações para ajudar a pagar as multas do ex-deputado federal José Genoino e do ex-tesoureiro do PT Delúbio Soares. Ele não quis revelar o valor das doações. “Eu fui uma das pessoas que contribuíram. É mais do que legítimo que os cidadãos possam contribuir para algo que consideram adequado. Eu desafio o ministro Gilmar Mendes a mostrar onde é que existe lei que proíba isso. Acho que ele não conhece a lei brasileira”.

03/02/2014

Domínio do fato é isso aí

Filed under: Antonio Mahfuz,Assas JB Corp,Claus Roxin — Gilmar Crestani @ 8:47 am
Tags:

Macunaíma01Como diria Mário de Andrade no seu clássico Macunaíma, há brasileiros que são vendidos como heróis porque, vendedores e compradores, não tem nenhum caráter.

A foto de Joaquim Barbosa com Antonio Mahfuz  é prova robusta e inconteste se comparada à importação da teoria do domínio do fato para condenar quem a Globo queria que ele condenasse em troca de emprego ao filho dele. Pior, o autor da teoria, o alemão Claus Roxin, declarou que sua teoria foi deturpada pelo STF. E que a aplicação da teoria não elimina a necessidade de provas, como fez o STF, condenando sem provas.

A explicação é o suprassumo da contradição: ele não precisa saber com quem tira foto, mas o João Paulo Cunha tinha de saber que os contratos considerados legais pelo TCU não o seriam na visão de JB. Quando alguém se presta a capitão-de-mato das Organizações Globo só pode acabar deste jeito.

Sendo um herói da Globo só podia dar nisso.

FOCO

Barbosa vira alvo na internet após foto com ex-foragido

DE BRASÍLIA

Uma foto em que aparece ao lado de um ex-foragido da Justiça levou o presidente do Supremo Tribunal Federal, Joaquim Barbosa, a virar alvo na internet.

Sites alinhados ao PT questionaram a suposta ligação entre Barbosa e o "foragido da Justiça". O mesmo fizeram políticos e membros do PT nas redes sociais, críticos ao desfecho do mensalão.

O homem da foto é Antonio Mahfuz, dono de uma cadeia de lojas de eletrodomésticos no Brasil que faliu nos anos 90. Devido à decretação de prisão em processos decorrentes da bancarrota de suas empresas, ele foi considerado foragido até 2007 –ano em que obteve um habeas corpus no Supremo.

Em novembro, ele postou no Facebook a foto com Barbosa, ambos em pé e sorrindo, supostamente em um restaurante de Miami. Na postagem, ele diz que "renasce a esperança com o justiceiro".

À Folha, Mahfuz disse que é apenas um admirador do ministro e ressaltou não se recordar da data do encontro.

A assessoria de Barbosa afirmou que ele não conhece Mahfuz, mas disse que nos lugares públicos a que vai tira sempre dezenas de fotos.

02/02/2014

Diga-me com quem andas e direi quem és

Filed under: Antonio Mahfuz,Assas JB Corp,Deborah Prates,Joaquim Barbosa — Gilmar Crestani @ 10:47 am
Tags: ,

 

Barbosa tira foto em Miami com empresário foragido

:

Circula no Facebook imagem do presidente do Supremo Tribunal Federal ao lado Antonio Mahfuz, em Miami, com a legenda: “Sob a mesma luz que guiava os peregrinos no deserto! Renasce a esperança com o Justiceiro. Thanks God!”; empresário é réu em 221 processos e fugiu do Brasil há quinze anos para escapar de calotes; segundo colunista Paulo Nogueira, do DCM, seja qual for a origem da confraternização, está claro que magistrado deve uma satisfação aos brasileiros; no Twitter, Delúbio Soares, um dos condenados mais notórios da ação penal 470, também critica Barbosa: "Antônio Mahfuz: 221 processos, prisão decretada, foragido do Brasil. Em Miami, com Joaquim Barbosa, num bar"

2 de Fevereiro de 2014 às 06:26

247 – O presidente do Supremo Tribunal Federal, Joaquim Barbosa, se envolveu em mais uma polêmica. Ainda sem conseguir justificar as 11 diárias financiadas pela Corte em suas férias na Europa, circula atualmente na internet uma imagem em que o magistrado aparece em Miami ao lado de um foragido da Justiça brasileira.

Barbosa aparece com Antonio Mahfuz em imagem postada no seu Facebook, com a legenda: “Sob a mesma luz que guiava os peregrinos no deserto! Renasce a esperança com o Justiceiro. Thanks God!”.

Segundo Paulo Nogueira, do Diário do Centro do Mundo, “não haveria problema nenhum não fosse Mahfuz a chamada chave de cadeia. Ele fugiu do Brasil, há quinze anos, e deixou atrás de si copiosos calotes. Uma contabilidade recente coloca Mahfuz como réu em 221 processos”.

Colunista lembra que, o foi exatamente para escapar da cadeia que ele se refugiou na Flórida, “onde sabemos que JB comprou um apartamento em nome de uma empresa imaginária, para não pagar imposto”.

Mahfuz foi processado pelo seu principal credor, o banco Chase Manhattan e por suas irmãs, sob a acusação de que ele falsificou a assinatura do pai numa procuração que lhe dava poderes para administrar os negócios do patriarca, Elias Mahfuz, um imigrante sírio que montou do nada um patrimônio respeitável no interior de São Paulo.

Segundo Nogueira, seja qual for a origem da confraternização de Mahfuz e Joaquim Barbosa, está claro que ele deve uma satisfação aos brasileiros (Leia mais no DCM).

Condenado na AP 470, Delúbio Soares repercutiu a foto no Twitter com o post: "Antônio Mahfuz: 221 processos, prisão decretada, foragido do Brasil. Em Miami, com Joaquim Barbosa, num bar."

Barbosa tira foto em Miami com empresário foragido | Brasil 24/7

Advogada cega a Barbosa: será que ele é cego?

:

Em vídeo, a advogada Deborah Prates atacou a "desumanidade" de Joaquim Barbosa, presidente do Supremo Tribunal Federal, que lhe negou o direito de peticionar por escrito; "ele cortou o meu trabalho", afirmou; advogada também criticou a suposta cegueira do ministro e afirmou que ele "só tem olhos para o mensalão"; mais adiante, bateu ainda mais duro: "se um ministro descumpre a lei para as pessoas cegas, vai fazer de forma igual para vocês que estão me assistindo"; liminar do ministro Ricardo Lewandowski garantiu a ela o direito de voltar a peticionar por escrito; vídeo

Blog no WordPress.com.

%d blogueiros gostam disto: