Ficha Corrida

23/04/2016

Macondo é aqui

Autógrafo do autor de Cem Anos de Solidão, Gabriel García Márquez, a este escrevinhador.

ggm autografoRealismo Mágico é uma expressão cara à América Latina. Gabriel García Márquez é o maior representante deste ramo da literatura, como forma de reação, através da palavra, contra os regimes ditatoriais implantados pelos corruptos sob os auspícios dos EUA.

Quando escreveu a obra que o levou a ganhar o Prêmio Nobel, Cem anos de Solidão, situou as ações na pequena Macondo, que na língua Bantu significa banana. Mas não é dele a expressão que hoje se aplica de forma tão perfeita e acabada ao Brasil: República das Bananas.

Esta expressão foi criada por um humorista norte-americano, O. Henry, pseudônimo de William Sydney Porter, para explicar países latino-americano onde acontecem coisas que só o realismo mágico pode explicar. Só um humorista poderia empregar o termo “república” como eufemismo de ditadura. República das Bananas serve para identificar aqueles países onde uma elite governa corrompendo e oprimindo.

Portanto, um Buendia comandar, por comissão de uns e omissão de outros, um golpe com vistas a substituir uma mulher Presidenta por uma “do lar” faz todo sentido, se essa do lar for mencionada em dólar. E a expressão por excelência, que identifica o que pretende toda república bananeira, é cleptocracia, mesmo que lavada em Liechtenstein ou no Panamá.

A cleptocracia é  o governo dos corruptos implantada com apoio e para benefício dessa mesma plutocracia. A massa adestrada segue a égua madrinha de forma bovina como um boi uma espiga de milho.

Em que lugar senão em Macondo uma decisão judicial em benefício da plutocracia demora apenas 28 segundos? Nem o Golpe Paraguaio, paradigma de indignidade jurídica, foi tão rápido. Em que país documentos comprovando corrupção na plutocracia fica engavetada por três anos e depois continua esquecida ad aeternum? Em que país um Ministro da Suprema Corte aceita receber estatueta de um grupo grupo acostumado a apoiar golpes (editorial) de estado e que, no mesmo dia abre empresa em paraíso fiscal para comprar apartamento por U$ 10 dólares, instaura um processo que registrará nos autos de condenação duas expressões emblemáticas que denunciam o verdadeiro caráter plutocrático: “foi feito pra isso, sim” e a “literatura jurídica me permite”?

Em que país se caça líderes populares para proteger a plutocracia, toxicômanos e larápios contumazes senão numa República Bananeira, em Bantu, Macondo! Onde senão em Macondo toda sorte de consumidores de prostitutas usam o código famiglia  pode condenar uma pessoa honesta? No DNA da plutocracia pinta até pato pirata, emblema de que alguém vai pagar o pato. Como nas republiquetas de fundo de quintal dos EUA, os de sempre.

Viva Macondo! Viva a República Cleptocrática dos Plutocratas Brasileiros! Viva Marcola, Fernandinho Beira-Mar, Pablo Escobar, vocês venceram: também temos nossos Cem Anos de Solidão!

7 Comentários »

  1. […] cada dia que passa parece ficar mais claro que Macondo é aqui. Nem a melhor ficção do Gabo suplanta nosso realismo […]

    Pingback por Afinal, é delação ou felação? – Praia de Xangri-Lá — 13/11/2016 @ 1:41 am | Responder

  2. […] cada dia que passa parece ficar mais claro que Macondo é aqui. Nem a melhor ficção do Gabo suplanta nosso realismo […]

    Pingback por Afinal, é delação ou felação? | Ficha Corrida — 13/11/2016 @ 1:04 am | Responder

  3. […] terra de Macondo, a realidade kafkiana se faz presente em qualquer hora e lugar. Em Minas, uma juíza proibiu o […]

    Pingback por Decamerão do Golpe | Ficha Corrida — 02/05/2016 @ 8:37 am | Responder

  4. […] Sourced through Scoop.it from: fichacorrida.wordpress.com […]

    Pingback por Macondo é aqui | O LADO ESCURO DA LUA — 23/04/2016 @ 7:58 pm | Responder

  5. […] Autógrafo do autor de Cem Anos de Solidão, Gabriel García Márquez, a este escrevinhador. Realismo Mágico é uma expressão cara à América Latina.  […]

    Pingback por Macondo é aqui | ARTE, PINTURA, LITERATU... — 23/04/2016 @ 7:58 pm | Responder

  6. […] Sourced through Scoop.it from: fichacorrida.wordpress.com […]

    Pingback por Macondo é aqui | BRASIL S.A — 23/04/2016 @ 12:38 pm | Responder

  7. […] Autógrafo do autor de Cem Anos de Solidão, Gabriel García Márquez, a este escrevinhador. Realismo Mágico é uma expressão cara à América Latina. Gabriel García Márquez é o maior representante deste ramo da literatura, como forma de reação, através da palavra, contra os regimes ditatoriais implantados pelos corruptos sob os auspícios dos EUA. Quando escreveu…  […]

    Pingback por Macondo é aqui | EVS NOTÍCIAS... ... — 23/04/2016 @ 12:38 pm | Responder


RSS feed for comments on this post. TrackBack URI

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Blog no WordPress.com.

%d blogueiros gostam disto: