Ficha Corrida

05/07/2015

Truques editoriais de bandidos pós-modernos

Ainda não veio o editorial saudando o golpe paraguaio. Mas os truques estão cada vez mais afoitos. Só quem pode agir com imunidade usa de tanta desfaçatez. Mas, como diria o velho Barão de Itararé, de onde menos se espera de lá mesmo é que não sai nada. Ou, pior, é de lá que saem as pistas que levam ao golpe. Além de estatuetas, compradas com o dinheiro sonegado, claro.

"Amigos" da Globo: JN censura nomes de políticos do PSDB, DEM delatados por Ricardo Pessoa.

O Jornal Nacional da TV Globo não foi honesto com o telespectador na hora de noticiar a suposta delação premiada Ricardo Pessoa. Fez manipulação grotesca de informações, de forma a esconder os nomes de políticos "amigos" dos interesses da emissora.
O JN mostrou seletivamente algumas páginas do suposto documento do acordo de delação, vazado clandestinamente. As páginas são legíveis pelo telespectador, menos a página onde aparecem os nomes de políticos de 15 partidos.
Essa página é a única que apareceu desfocada, borrada, tornando impossível a leitura de algum nome pelo telespectador, diferente das outras páginas mostradas, todas legíveis.
Na hora de ressaltar trechos desta página, tanto na imagem como na narração da apresentadora, o JN só mostrou as siglas PSDB, DEM, SD, PPS, PSC, PMDB, etc, sem citar nenhum nome de políticos destes partidos.
Qualquer jornalismo decente com acesso a um documento deste, citaria pelo menos os nomes de políticos notáveis que constassem ali.
A manipulação do JN revela a blindagem que políticos tucanos, do DEM, do PMDB desfrutam na tela da Globo.
Todo o resto da reportagem foi dirigida para desgastar membros do PT, sem explicar corretamente se as citações descrevem condutas legais ou ilícitas.
Detalhe: dos fragmentos que conseguimos ler do documento, Ricardo Pessoa descreve muita atividade de lobismo dentro da lei, ou seja, defender seus interesses de classe e o que interessa à sua empresa, mas poucas condutas descritas podem se enquadrar como atitudes criminosas previstas no Código Penal apenas pelo que está na delação. Nestes trechos sequer vi menção a palavras como propinas, suborno, corrupção, vantagem indevida, etc. Quando o documento inteiro vier a público, ficará mais fácil compreender e avaliar o real alcance e consequências da suposta delação.
Além dos petistas, apenas um ex-deputado do PR, Valdemar Costa Neto, e outro do PP, o senador Ciro Nogueira, foram alvos da reportagem. Mas só citar os dois não disfarça o caráter de panfletagem anti-petista da reportagem, nem a blindagem a demotucanos e a outros oposicionistas "amiguinhos" da Globo.

Os Amigos do Presidente Lula

Deixe um comentário »

Nenhum comentário ainda.

RSS feed for comments on this post. TrackBack URI

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Crie um website ou blog gratuito no WordPress.com.

%d blogueiros gostam disto: