Ficha Corrida

02/06/2015

Saiba por que Rede Globo odeia Eurico Miranda

Sempre suspeitei do ódio da Rede Globo ao Eurico Miranda. Isto porque o Eurico, assim como José Maria Marin, tem perfil de alguém com o qual, em situações normais de temperatura e pressão, a Globo manteria relações para lá de mútua serventia. Em dezembro de 2013(A Globo Dinamitou o Vasco), depois do esforço que a RBS fez para detonar com o Inter, e vendo o esforço que a Rede Globo fazia para detonar Eurico Miranda e apoiar Roberto Dinamite, registrei estas mesmas suspeitas. O contrato com a Andrade Gutierrez esteve a perigo graças ao bombardeio da RBS em parceria com um pool de empreiteiras gaúchas que queriam tomar o lugar da empreiteira. Não fosse Giovani Luigi e o Inter hoje estaria na mesma situação do Porto Alegrense.

Em abril deste ano, voltei a citar os 50 anos de amestramento de uma manada de zumbis que a segue bovinamente. O povo nas arquibancadas gritava, “abaixo Rede Globo, o povo não é bobo”. A Rede Globo que cobra de Lula, dizendo que ele sabia de tudo o que acontecia no seu governo, agora, mesmo sendo o maior grupo de comunicação do Brasil, também não sabia de nada a respeito da corrupção dos seus parceiros comerciais. Como a Globo pode fazer negócio com mafioso se não for também ela mafiosa?! Logo se vê que os ataques a Lula e Dilma é que, ao contrário dos seus títeres, não há Engavetador Geral. Isso sim é motivo para se derrubar um governo e dar boas vinda, em editorial, a ditadores.

A Globo conseguiu emplacar Roberto Dinamite, mas Dinamite dinamitou o Vasco. Desceu para a segunda divisão. Voltou Eurico, subiu o Vasco. Eurico não presta, a Globo menos ainda. Eurico é um gangster, a Globo é capo di tutti i capi.

Há outros dois motivos para se ver na Globo algo mais pernicioso que no Eurico Miranda. Primeiro a maneira como conduz o futebol brasileiro, distribuindo mais verbas ao Flamengo e ao Corinthians. Depois, escondendo jogos dos times locais para mostrar exatamente estes dois clubes. Veja que no Brasileirão de 2015, nem Flamengo nem Corinthians jogarão no horário das 11 hs de domingo, nem o das 22 dos sábados. Sempre em horário nobre.

A Globo e a RBS escondem dos gaúchos, nas tardes de domingo, jogos da dupla greNAL. O modus operandi dos grupos mafiomidiáticos, para além da corrupção, também está detonando com o futebol. O artigo do Eurico Miranda de 1998 citava exatamente estas personagens que hoje estão presas. Mas, como diria David Nasser, está faltando alguém nas prisões da Suíça. É a estrela do filme Muito Além do Cidadão Kane.

O pior é que o Ministério Público e a Polícia Federal tinha informações suficiente para abrirem investigação pelo menos desde 1998 e nada fizeram. Mas como em 1998 vivíamos os tempos mafiosos de FHC, do Engavetador Geral e nada foi feito. Claro, ninguém sabia à época, que a Globo tinha convencido FHC de que o filho da Miriam Dutra  era dele…

Eurico Miranda denunciou esquema de corrupção da Traffic há quase 17 anos

:

“Por que são sempre os mesmos intermediários?”, questionava, em 1988, o cartola Eurico Miranda, presidente do Vasco da Gama; “Por que os clubes que eles exploram estão de mal a pior e eles estão sempre bem? Por que ingressaram no esporte, por meio do jornalismo, e o deixaram e passaram a ser exploradores do mesmo? Provoquem- me, para que eu diga tudo o que sei!”, dizia; no artigo, Miranda denunciava os intermediários J. Hawilla, da Traffic, e Kleber Leite, da Klefer

30 de Maio de 2015 às 16:46

247 – Num artigo publicado no dia 20 de novembro de 1998, o cartola Eurico Miranda, dirigente do Vasco da Gama, denunciou o esquema de corrupção da Traffic e da Klefer, empresas de marketing esportivo que compravam direitos de transmissão dos torneios e os repassavam à Globo. Leia abaixo:

Por que são sempre os mesmos?

EURICO MIRANDA

Previsível e absolutamente natural a reação provocada nos últimos dias, nos meios esportivos, especialmente junto às pessoas direta ou indiretamente ligadas ao futebol -dirigentes, jogadores, torcedores e parte da crônica, pela entrevista que dei à “Isto É”.

Entre as muitas sandices que tenho lido e ouvido sobre o assunto, é bom deixar claro que não tenho que provar a possível sociedade de fulano com beltrano, até porque, a palavra “sócio”, segundo o Aurélio, tem vários significados e interpretações, como parceiros e cúmplices, além de membros de uma sociedade que esperam auferir lucros. A partir dessa publicação, indagam-me alguns amigos, por que somente agora denunciei a associação Traffic-J. Hawilla- Ricardo Teixeira-Kleber Leite?

Simplesmente porque não concordo e não admito que esse torneio Mercosul tenha sido colocado de forma prioritária, acima, inclusive, do Campeonato Brasileiro, obrigando inúmeras mudanças na tabela de nossa principal competição.

Minha indignação tornou-se ainda maior ao constatar que, de forma orquestrada, anônima e covarde, nos últimos dias tentaram atribuir ao Vasco e, mais precisamente, a mim, a culpa por essas mudanças.
Na realidade, o grande prejudicado foi o Vasco, que, pelo fato de ter sido campeão brasileiro e campeão da América do Sul, foi prejudicado, acintosamente, pela CBF.

As datas da Libertadores estavam marcadas há muito tempo. Entretanto, fizeram uma tabela do Campeonato Brasileiro marcando, por exemplo, Vasco x Lusa para o dia 12 de agosto, mesmo dia em que o Vasco tinha compromisso com o Barcelona, pela Libertadores, em São Januário. Fizeram mais. Marcaram, para o dia 26 de agosto, Vasco x Grêmio, data em que o Vasco teria que enfrentar o Barcelona novamente.

Ficou claro que “eles” não acreditavam que o Vasco se classificaria e acabaria vencendo, como aconteceu, a Libertadores. Assim ficou claro, também, a torcida contra o Vasco na final do Brasileirão, quando marcaram playoff para o dia 29 de novembro, sabendo que o Vasco decidirá um título mundial no dia 1º de dezembro.

Voltemos um pouco no tempo. Havia uma competição na América do Sul, a Supercopa de clubes campeões, disputada anualmente, na qual a Pelé Sports tinha alguns clubes sob contrato. A Traffic (J. Hawilla), empresa ligada à CBF, depois que Ricardo Teixeira assumiu a presidência, e com a qual realizou alguns negócios, para não dizer todos, associa-se a Torneo & Competencias, da Argentina (Ávila) e criam uma empresa chamada T & T Sports Marketing, com sede nas Ilhas Cayman, à One Capital Place, Grand Cayman, Cayman Island, B.W. I P.O. Box 1062.

A partir de então, simplesmente acabaram com a Supercopa e passaram a patrocinar o torneio Mercosul. Celebraram contrato com a Confederação Sul-Americana, com os clubes e passaram a explorar esse torneio. É ilegal? É irregular? É imoral? Digam vocês.

Essa T & T negociou com as emissoras de televisão. Essas pagaram a quem e onde? Pagaram aqui. Em que conta, na da Traffic?

Todos os clubes recebem em dólares procedentes das Ilhas Cayman. Como chegaram lá? Ou será que já estavam lá há algum tempo? Se as TVs pagam em reais, por que os clubes recebem em dólares? A quem e de que forma foi feito esse pagamento?

Quem tem que provar, explicar ou, pelo menos, aclarar algo não sou eu. Eles é que devem explicações. Por que dessa exclusividade de negócios com a CBF? Por que são sempre os mesmos intermediários? Por que os clubes que eles exploram estão de mal a pior e eles estão sempre bem? Por que ingressaram no esporte, por meio do jornalismo, e o deixaram e passaram a ser exploradores do mesmo? Provoquem- me, para que eu diga tudo o que sei!

Eurico Miranda denunciou esquema de corrupção da Traffic há quase 17 anos | Brasil 24/7

3 Comentários »

  1. A globo,a cbf fizeram o penta campeonato do flamengo,quem não lembra do jogo flamengo x atlético mineiro libertadores 1981,o ze roberto rato mandado dupla globo cbf expulsou 4 jogadores mineiro e deu a vitoria ao fla por w o

    Comentário por jose luiz — 04/06/2015 @ 11:39 am | Responder

  2. Então o colunista petista desta matéria acha que, um “gangster” como o Eurico iria denunciar um esquema que segundo o petistazinho que acha legal as roubalheiras do PT, ele era “de mútua serventia” à emissora?
    Falta no mínimo lógica de raciocínio à este beneficiário de bolsa qualquer coisa. Eurico foi o único a ter peito de denunciar esta máfia, e como “prêmio”, recebeu da sua “parceira” (segundo o petistazinho) na qual mantinha uma “serventia mútua”, a maior perseguição que uma pessoa recebeu da emissora durante mais de três anos, até que o STF constatou que todas as acusações da emissora eram mentirosas.

    Comentário por Olavo Pereira — 03/06/2015 @ 9:54 am | Responder

    • Olá, vô! Odeia as roubalheiras do PT tão intensamente quanto a dos outros partidos, ou apenas estás incomodado com a concorrência?! Não seja tão amestrado, desenvolva um raciocínio, se é que saibas o que isso signifique, que não seja repetição típica de quem sofre da síndrome de abstinência.

      Comentário por Gilmar Crestani — 03/06/2015 @ 2:09 pm | Responder


RSS feed for comments on this post. TrackBack URI

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Blog no WordPress.com.

%d blogueiros gostam disto: