Ficha Corrida

10/03/2015

A Empiricus entrou pela última sílaba

Filed under: Arapongagem made in USA,CIA,Empiricus,Ventríloquo — Gilmar Crestani @ 10:04 am
Tags:

 

O “fim do Brasil” ficou mais perto para quem acreditou na “Empiricus”

10 de março de 2015 | 08:48 Autor: Fernando Brito

empi

Os leitores devem lembrar-se daqueles anúncios de “O fim do Brasil” que inundaram a Internet, patrocinado por uma tal “Empiricus Research” e por Felipe Miranda, um de seus sócios, que lançou um livro com o mesmo título.

Até aqui no Tijolaço andaram aparecendo seus anúncios, via Google, até que eu os bloqueasse, por nítida picaretagem.

No ano passado, Paulo Nogueira, do Diário do Centro do Mundo, traçou-lhe o perfil da Empiricus como “uma coisa próxima da vigarice”.

Descobre-se que a proximidade é muito maior.

O vídeo terrorista com que seduziram incautos é, simplesmente, uma versão do vídeo igualmente terrorista feito em 2010 por um tal  Porter Stansberry, dono de uma “consultoria financeira” e  ligado ao ultraconservador Tea Party e reeditado em 2013.

O título? “End of America”, assim, traduzido descaradamente aqui para “Brasil”. O pior é que é ainda uma indevida “chupação” do  livro e do vídeo de Naomi Wolf, de 2005, mas que tratava justamente do avanço das ideias fascistas nos EUA.

O Luís Nassif  fez ótima matéria mostrando as ligações entre a Stansberry, cujos sócios já se meteram em embrulhos na Security Exchange Comission, a SEC, que controla os mercados acionários dos EUA, e a Empiricus.

O método da Empiricus é descrito muito bem por Nogueira:

“eu induzo você a achar que uma bomba atômica está prestes a explodir onde você vive. E ao mesmo tempo ofereço a você abrigo antinuclear.

Sua crendice é meu lucro”.

Pois agora, lendo o blog de outro Nogueira, o professor de economia da Unicamp Fernando Nogueira da Costa, deparo-me com a informação que o “abrigo nuclear” da Empiricus é de disparar qualquer contador Geiger.

Advertindo que estes camaradas fazem as previsões catastrofistas “para assustar gente incauta — aquela que não tem cautela, descuidada, imprudente, ou que é destituída de malícia, crédula, ingênua, enfim, que “vai pra rua” vociferar refrãos golpistas contra a democracia”, o Professor Nogueira da Costa reproduz correspondência de um seu ex-aluno que foi conferir o resultado da carteira de ações “para ficar milionário” da Empiricus.

E ela simplesmente “derreteu” e foi completamente trocada, sem um pingo de explicações sobre seu abandono.

Por interesse público, reproduzo parte  mensagem ao Professor Nogueira da Costa, que pode ser lida na íntegra aqui:

Estou lhe escrevendo para que tenha conhecimento da prática já bem conhecida nos EUA, e que agora a Empiricus está tentando implantar no Brasil: aproveitando-se de momentos binários, eles preparam relatórios enfáticos e com diversas linhas de pensamento, distribuem indicações acaloradas por uma suposta sabedoria superior para seus milhares de leitores, correm para colher os louros dos acertos, deixando os erros à míngua. Assim como Prometeu e seu fígado indestrutivo, apesar dos ataques dos abutres, eles se regeneram vangloriando-se dos acertos e jogando ao fogo do esquecimento as indicações desastrosas.

Esta prática há muitos anos é comum nos EUA, fazendo pessoas incautas ou as vezes nem tanto (fundos noruegueses na crise do sub-prime) caírem no “conto do dinheiro fácil”, seguro, dando como que num contas gotas sobrevida para os contadores de histórias milagrosas sobre como enriquecer com ações escolhidas a dedo.

Se acertassem tanto quanto provam, não precisariam vender relatórios patéticos para ganhar dinheiro, bastaria aplicar nas próprias indicações! Será que fazem mesmo análises, ou preferem acreditar nos bônus oferecidos pelos market makers?

No caso em voga, esta empresa já quebrou um fundo de investimento, afundou diversas pessoas na arriscada HRT e continuam a fazer fumaça de gordura para vender “osso de costela”!

Aproveite o seu poder de blogueiro e lance a denúncia antes que mais brasileiros caiam no golpe do dinheiro fácil pagando anualidades nem sempre baratas.

No anexo mostro mais um absurdo que prova novamente a má fé deste pessoal, no semanário de nome,  “Ações para ficar milionário” as indicações de 2014 foram por demais erradas, Perderam mais de 60% em algumas indicações e com uma perda média de 25%, abandonaram a carteira sugerida em dezembro para criarem uma nova!

E no melhor estilo das autoridades que nada sabem, simplesmente o primeiro relatório de janeiro lançou uma “carteira vencedora”, para agora em março, conforme explicado acima, lograrem os louros deste suspiro (eu costumo chamar de suspiro do moribundo) das ações!

Será que a nossa valente imprensa, que promoveu tanto o tal Felipe vai se interessa em saber como se saiu o mais sabido dos analistas econômicos. Se quiserem uma história do passado para lembrar, procurem saber que foi o xará Luiz Felipe Albuquerque Junior, que deu origem ao termo filipeta, nos anos 50, como sinônimo de papel de propaganda, sem valor. Ele espalhava promissórias para o nascente mercado de automóveis, “vendendo a prazo mais barato que à vista”.

O “fim do Brasil” ficou mais perto para quem acreditou na “Empiricus” | TIJOLAÇO | “A política, sem polêmica, é a arma das elites.”

1 Comentário »

  1. […] Como já disse alhures, a Empiricus entrou pela última sílaba. Aos amestrados, bem feito. Aos mal intencionados, idem. À manada de otários, ibidem. A CIA investe toda verba de seu orçamento secreto em otários. Por isso os EUA se obrigam a cometerem assassinatos ao redor do mundo. O dinheiro gasto em maus propagandistas induz ao ódio, mas não convence aos que tem um mínimo de discernimento. Por isso, depois dos maus resultados, a solução final é o assassinato. […]

    Pingback por Empiricus, empresa cujo sucesso entrou pela última sílaba | Ficha Corrida — 13/04/2015 @ 10:41 pm | Responder


RSS feed for comments on this post. TrackBack URI

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Blog no WordPress.com.

%d blogueiros gostam disto: