Ficha Corrida

14/01/2015

Quem se vende…

marta minha-naturezaA lógica dos que não tem lógica é diminuir o outro para, com isso, tentar fazer anão moral crescer. Há um dado concreto para se tornar amado pelos velhos grupos mafiomidiáticos, atacar o PT. Nada de exaltar seus parceiros ideológicos. É a velha estratégia elabora pela parceria Rede Globo & FHC desnudada por uma parabólica.

Rubens Ricúpero, sem querer, pois se sentia seguro com seu CUnhado, Carlos Monforte, entregou o capo e o Capo di tutti i capi, Roberto Marinho.

Todo escritor medíocre só se credencia com o patrão se atacar o PT e seus políticos. É como praga de urubu em cavalo gordo. Alimentam o ódio mas não resulta em votos. O povo desconfia do mal agradecido, de quem pula a cerca por qualquer dá cá uma palha. Por que todo aquele que trai corre imediatamente para os braços da Rede Globo. Teríamos de fazer um exame de DNA

Já o jagunço de Diamantino, Demóstenes Torres, o PFL, o DEMo, José Serra, Aécio Neves, o PSDB, são vestais que não merecem qualquer crítica.

A velha mídia colou neles uma película de teflon para impedir que toda merda que fazem deslize imediatamente para debaixo do tapete. A massa cheirosa do PSDB, como bem esclareceu Eliane Cantanhêde, só faz merda (veja-se o ranking da Veja que entregou o pior Senador da República), mas a mídia transforma tudo em perfume. A velha mídia adora uma traição…

Basta que alguém se volte contra o PT, a velha mídia fica ouriçada. Eles não perdoam a criação da Comissão da Verdade, que trouxe à tona a participação dos a$$oCIAdos do Instituto Millenium na ditadura. Os maiores anunciantes da velha mídia também andaram de braços dados com a ditadura, por isso são também finanCIAdores ideológicos. Por que será que a Multilaser e o Banco Itaú financiaram os reis dos camarotes vips do Itaquerão para xingarem Dilma?! Marta, quem cospe no prato em comeu não tem educação nem caráter.

Vai, Marta, ser trouxa na vida. Junte-se à camarilha da Heloísa Helena e Marina Silva. Terás mídia e bancos, mas não terás a verdade nem a decência do seu lado. O ditado criado pelo gaúcho Barão de Itararé (quem se vende sempre recebe mais do que vale), encaixou perfeitamente na fisionomia da Marta. Aliás, como a fábula da rã e do escorpião… Senão como explicar que, dizendo tudo o que tem sido publicado, por que ela continua no PT?

Seja coerente com teu discurso e pede pra sair, Marta!

A pergunta que não quer calar: por que o surto extemporâneo de honestidade de Marta se deu simultaneamente ao seu endeusamento pela velha mídia?

Por trinta dinheiros Judas também traiu Jesus!

Quase fora do PT, Marta vira heroína na mídia

:

Senadora Marta Suplicy recebeu tratamento VIP da ‘Folha de S. Paulo’, de Eliane Cantanhêde e de Elio Gaspari; o que prova que bater no PT é o melhor caminho para fazer amizades na mídia nacional; no último domingo, ex-ministra atacou o partido, a gestão de Dilma Rousseff e o ministro da Casa Civil, Aloizio Mercadante; em editorial, Otavio Frias diz que críticas são corretas, "apesar do caráter eleitoreiro"

14 de Janeiro de 2015 às 06:07

247 – A entrevista concedida à jornalista Eliane Cantanhêde tornou Marta Suplicy alvo do interesse de oposicionistas e heroína na mídia nacional.

No último domingo (11), a ex-senadora disparou críticas contra o governo Dilma Rousseff e contra o PT. Disse que o ministro Aloízio Mercadante é "inimigo do Lula (ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva)", além de ser "candidatíssimo" à Presidência da República em 2018. Ela também acusou o presidente do partido, Rui Falcão, de "trair o partido e o projeto do PT".

Após conquistar as capas dos principais jornais do Brasil ontem, o assunto ainda se estendeu nessa terça-feira. A revolta de Marta, que visa a prefeitura de São Paulo em 2016, conquistou um tratamento VIP da ‘Folha de S. Paulo’ com o editorial de Otavio Frias. Segundo ele, “ainda que movidas por uma lógica eleitoreira, críticas da senadora ao PT são corretas”.

O colunista Elio Gaspari também cozinhou o assunto: “Mesmo que a senadora estivesse errada em tudo o que disse, a reação do comissariado à sua entrevista mostrou que ela tem razão”.

A repercussão prova que bater no PT é o melhor caminho para fazer amizades na mídia nacional.

Quase fora do PT, Marta vira heroína na mídia | Brasil 24/7

Deixe um comentário »

Nenhum comentário ainda.

RSS feed for comments on this post. TrackBack URI

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Crie um website ou blog gratuito no WordPress.com.

%d blogueiros gostam disto: