Ficha Corrida

29/09/2014

Os paulistas jogam voto no lixo?

pinheirinho-240112-alckminEstou buscando entender porque os paulistas estão prestes a reelegerem Geraldo Alckmin:

– Seria em função do crescimento da violência, que já ultrapassa o Rio de Janeiro como estado mais violento?

– Talvez porque foi o Estado que criou o PCC, decorrente desta maravilha de política de segurança?

– Seria pelo choque de gestão na administração da SABESP?

– Ou a meritocracia em ter provocado a crise d’água e o consequente racionamento?

– Pelas estatísticas que mostra o que roubo cresce pelo 14º mês consecutivo?

– Ou será para dar mais uma oportunidade ao PSDB de fazer o que ainda não fez em 20 anos?

– Dilema do salgadinho: porque a meritocracia do PSDB provocou  a decadência da USP e da UNESP ou a decadência da USP e UNESP são a prova da meritocracia do PSDB?

– O consumo do volumo morto do Sistema Cantareira matou os últimos neurônios que a poluição havia poupado?

Ex-secretário chama sucessor de ‘lixo’

Em cerimônia da Polícia Militar, Ferreira Pinto ofende Fernando Grella (Segurança Pública) e não o cumprimenta

Ex-titular é candidato a deputado pelo PMDB, partido que tenta desbancar Alckmin (PSDB) com Paulo Skaf

DE SÃO PAULO

O ex-secretário estadual da Segurança Pública de São Paulo e candidato a deputado federal pelo PMDB Antonio Ferreira Pinto ofendeu o atual ocupante do cargo, Fernando Grella Vieira, ao chamá-lo de "lixo" e deixar de cumprimentá-lo em cerimônia da Polícia Militar na quinta-feira (25).

O episódio, registrado em vídeo obtido pela Folha e também divulgado pela TV Bandeirantes, ocorreu em um evento da Rota (Rondas Ostensivas Tobias de Aguiar), um dos batalhões da Tropa de Choque da Polícia Militar paulista.

Em um dos momentos da cerimônia, Grella estava parado recebendo cumprimentos de pessoas organizadas em uma fila.

Quando Ferreira Pinto se aproximou, deixou de apertar a mão do atual secretário e disse: "Lixo". Grella apenas olhou para Ferreira Pinto e não reagiu à ofensa.

O secretário informou, por meio de sua assessoria, que não iria se manifestar.

À reportagem, Ferreira Pinto não fez comentários sobre o episódio.

TROCA RUIDOSA

A troca de Antonio Ferreira Pinto, no cargo havia três anos, por Fernando Grella Vieira na Secretaria Estadual de Segurança Pública de São Paulo em 2012 foi ruidosa.

Em meio a uma escalada da violência e criminalidade no Estado, o governador Geraldo Alckmin (PSDB) procurava havia três meses um novo nome para a pasta.

A avaliação era que o discurso de combate à corrupção nas polícias Civil e Militar do então titular, ex-capitão da PM, havia reavivado o racha entre as corporações.

Alckmin temia melindrar a Polícia Civil. Escolheu Grella, ex-procurador-geral de Justiça de São Paulo.

Desde o início deste ano, com a candidatura acertada, Ferreira Pinto vem fazendo críticas à política de segurança de Alckmin nas redes sociais. O PMDB, seu partido, tenta eleger Paulo Skaf ao cargo de governador.

Em carta ao "Painel do Leitor", publicada na Folha em junho, Ferreira Pinto chamou a gestão Alckmin de "frouxa".

"O governo não deixa a Polícia Militar trabalhar. Já deu provas de que discrimina a corporação e que a hostiliza com medidas odiosas, embora dela dependa para seu projeto eleitoral", afirmou.

Em julho, o governo trocou comandantes da PM na capital num período de recorde de roubos. "Os indicadores obrigam uma revisão das práticas de policiamento", disse Grella.

Assista ao vídeo
folha.com/no1523988

2 Comentários »

  1. […] nosso ensino. A Folha que não consegue ir além do Manual do Professor. Manual do Professo 5h Os paulistas jogam voto no lixo? Estou buscando entender porque os paulistas estão prestes a reelegerem Geraldo Alckmin: – […]

    Pingback por Se o PT não reagir, mídia tornará Brasil anti-petista | MANHAS & MANHÃS — 29/09/2014 @ 12:22 pm | Responder

  2. […] Estou buscando entender porque os paulistas estão prestes a reelegerem Geraldo Alckmin: – Seria em função do crescimento da violência, que já ultrapassa o Rio de Janeiro como estado mais violento?  […]

    Pingback por Os paulistas jogam voto no lixo? | BOCA NO TROM... — 29/09/2014 @ 8:07 am | Responder


RSS feed for comments on this post. TrackBack URI

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Blog no WordPress.com.

%d blogueiros gostam disto: