Ficha Corrida

18/04/2014

SABESP e a rabdomancia tucana

Sabesp forquilha_wifi - RadiestesiaNão foi mera coincidência a escolha do pássaro tucano para simbolizar o PSDB. Que outro pássara teria bico tão grande e cérebro tão pequeno?  O bico, a pena, está no tratamento dispensado pela d. Judith Brito e seus celetistas. O cérebro é aquele que assumiu como seu o filho que Miriam Dutra teve com outro. Se FHC foi traído até pela amante, como o povo poderia ficar do seu lado.

Pelo menos a Folha deixou de lado a linguagem psiquiátrica, da crise d’água, mas continua fazendo contorcionismo linguístico para tratar do racionamento da água.

E como ficar na memória da posteridade se não há uma única obra que se faz com tijolo e cimento? Como justificar que tenha vendido a Vale do Rio Doce por um preço inferior ao que Dilma conseguiu pela concessão de alguns aeroportos por 20 anos? E agora chegamos na tal de SABESP.

Estão há 20 anos governando São Paulo. Têm o apoio dos grupos mafiomidiáticos, mas não conseguem sequer garantir o abastecimento de água. Para castigo, os paulistas mas principalmente os paulistanos, terão de procurar água com o uso da rabdomancia.

Sabesp vai cobrar taxa de quem gastar mais água, diz secretário

Ideia do governo estadual é aumentar contas de consumidores em até 30% a partir de junho

Perguntado sobre o plano, governador não entrou em detalhes; para professor, taxa fere contrato e é ilegal

BRUNO ABBUDCÉSAR ROSATIDE SÃO PAULO

O secretário de Saneamento e Recursos Hídricos do Estado de São Paulo, Mauro Arce, disse que o governo estuda uma forma de punir quem aumenta o consumo de água.

A afirmação, feita ontem em entrevista à rádio CBN, ocorre em meio à crise de abastecimento no sistema Cantareira, que atende mais de 8 milhões de paulistanos.

Segundo Arce, a sobretaxa pode ser de até 30% do valor da conta e deve ser implantada até junho. O anúncio seria feito com um mês de antecedência para adaptação.

A lógica é inversa à do programa de bonificação criado pela Sabesp, que dá um desconto de 30% para quem economizar 20% de água.

"O ônus será igual ao bônus em termos de percentual", disse Arce.

Segundo ele, casos específicos não serão sobretaxados. "Um casal que teve quíntuplos ou um estabelecimento que aumentou a linha de produção, por exemplo, não serão cobrados", explicou.

Em nota, a Sabesp informou que, após a implantação do bônus, 24% dos consumidores não economizaram água e, portanto, estariam sujeitos a uma correção no valor da conta mensal.

Os detalhes do estudo não foram revelados pelo secretário Arce nem pela Sabesp.

O governador Geraldo Alckmin (PSDB) não quis comentar o caso. "Vamos aguardar um pouco", disse ontem.

Para Brunno Giancoli, professor de direito do consumidor da Universidade Mackenzie, a Sabesp não pode criar a taxa sem aval das agências do setor ou sem lei ou regulamentação para a cobrança.

"Você pode estimular o sujeito a consumir menos. Agora, atribuir uma sanção nesses patamares tem nítido contorno abusivo", afirmou.

Já o presidente do Conselho Mundial de Água, Benedito Braga, disse que a proposta é positiva. Para ele, o ideal seria a tarifa proporcional ao consumo. "Por exemplo, até um limite 10 metros cúbicos a pessoa pagaria a taxa normal. A partir de 11 metros cúbicos, dobraria."

Colaborou ADRIANA CHAVES, do "Agora"

1 Comentário »

  1. […] See on fichacorrida.wordpress.com […]

    Pingback por SABESP e a rabdomancia tucana | EVS NOTÍCIAS. — 18/04/2014 @ 6:00 pm | Responder


RSS feed for comments on this post. TrackBack URI

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Crie um website ou blog gratuito no WordPress.com.

%d blogueiros gostam disto: