Ficha Corrida

10/04/2014

Educação Padrão FIFA made in USA

Filed under: Isto é EUA!,Terrorismo de Estado,Tiro ao Alvo — Gilmar Crestani @ 8:54 am
Tags: ,

EUAGloboOs EUA sediaram a Copa de 1994. Ao contrário do Brasil, que, no dizer de Nelson Rodrigues, é a pátria de chuteiras, os EUA são a pátria de metralhadora na mão. Tiro ao alvo é a única especialidade esportiva dos EUA, e eles a praticam indiscriminadamente, dentro e fora de casa.

No entanto, mesmo não sendo fãs do esporte bretão, eles fizeram questão de que se realizasse em seu território uma copa do mundo. Desde então, a seleção ianque melhorou consideravelmente. O que não mudou foi o nível de belicosidade. Como se pode ver, a Copa do Mundo não melhora a pontaria nem muda o caráter de um povo. Para mudar, o povo precisa ter caráter. Os que não querem Copa no Brasil consideram que basta a de 1994 em “seu país…”

Todo dia tem tiroteio  em alguma escola pelo interior dos EUA, sem falar em shoppings, estacionamentos. Pesquise no google escrevendo “tiroteio nos EUA” para NÃO se surpreender. Na verdade, são episódios de treinamento. Os melhores são mandados pro Iraque, Egito, Líbia, Síria, Ucrânia, Venezuela…

O espelho dos nossos vira-bostas está quebrado, mas nada que o Bond (super bonder) da CIA não conserte. Como diria aquele vira-lata, não é uma educação de dar inveja?!

Aluno fere ao menos 22 em escola nos EUA

Suspeito de 16 anos portava duas facas e acabou detido pela polícia

Estudantes gravemente feridos foram atingidos no abdômen; polícia ainda investiga o que motivou o ataque

DAS AGÊNCIAS DE NOTÍCIAS

Um estudante de 16 anos deixou ao menos 21 alunos e um segurança feridos ontem em um ataque com duas facas numa escola de ensino médio em Murrysville, 30 km a leste de Pittsburgh, na Pensilvânia, nos EUA.

O ataque aconteceu na Franklin Regional High School, que tem 1.200 alunos, pouco após às 7h (8h de Brasília), quando as aulas estavam começando.

O suspeito, identificado pela rede de TV CNN como Alex Hribal, foi acusado de porte de arma na escola, de agressão grave e de quatro tentativas de homicídio.

Ainda de acordo com a CNN, ele não terá direito a fiança e responderá criminalmente como adulto, embora a maioridade penal na Pensilvânia seja aos 18.

Hribal entrou em várias salas de aula e esfaqueou alunos também no corredor, até que foi detido por um policial que trabalha no local, com a ajuda do diretor da escola. Toda a ação durou cerca de 15 minutos.

"Havia uma poça de sangue", disse o aluno Michael Float, que encontrou um amigo ferido nas escadas. "Ele tinha sangue caindo do lado direito do estômago", relata. Uma professora pressionava o ferimento para evitar mais perda de sangue.

Os alunos feridos, a maioria tendo entre 14 e 17 anos, foram transportados para hospitais da região, dos quais quatro de helicóptero.

No Hospital Regional de Forbes, três estudantes passaram por cirurgia e dois estavam em situação crítica na tarde de ontem.

Já no Centro Médico da Universidade de Pittsburgh, havia dois alunos internados na UTI.

Um dos pacientes mais gravemente feridos é um rapaz de 17 anos que foi esfaqueado bastante próximo ao coração, segundo médicos de Pittsburgh.

Muitos alunos foram atingidos nos braços e pernas, mas há alguns com ferimentos no tórax.

"Os gravemente feridos foram esfaqueados na região do abdômen", disse Mark Rubino, diretor do Hospital Regional de Forbes.

O motivo da ação não está claro, ainda que investigadores estejam analisando relatos de telefonemas de ameaça entre o suspeito e outro aluno, segundo o chefe de polícia Thomas Seefeld.

Segundo a estudante Mia Meixner, que falou à CNN, Hribal, aluno do segundo ano, era tímido e tinha poucos amigos, mas não era alvo de bullying.

Durante o ataque, um aluno soou o alarme de incêndio, criando pânico, mas também fazendo com que os alunos deixassem o local rapidamente, segundo Seefeld.

As aulas foram canceladas, e os alunos foram levados a uma escola primária, segundo um comunicado da Franklin Regional High School. A escola deve ficar fechada de dois a três dias.

O presidente dos EUA, Barack Obama, expressou solidariedade ontem aos familiares e vítimas do ataque. "Seus pensamentos e orações estão com as vítimas e com suas famílias", afirmou o porta-voz da Casa Branca, Jay Carney.

2 Comentários »

  1. […] See on fichacorrida.wordpress.com […]

    Pingback por Educação Padrão FIFA made in USA | EVS NOTÍCIAS. — 10/04/2014 @ 12:41 pm | Responder

  2. […] Os EUA sediaram a Copa de 1994. Ao contrário do Brasil, que, no dizer de Nelson Rodrigues, é a pátria de chuteiras, os EUA são a pátria de metralhadora na mão. Tiro ao alvo é a única especialidade …  […]

    Pingback por Educação Padrão FIFA made ... — 10/04/2014 @ 12:41 pm | Responder


RSS feed for comments on this post. TrackBack URI

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Blog no WordPress.com.

%d blogueiros gostam disto: