Ficha Corrida

03/11/2013

Tio Sam USA dólares para comprar general golpista

Como diria o Barão de Itararé, “quem se vende sempre recebe mais do que vale”. É patente: um General ditador vale um Cabo enfiado no rabo! É, não havia corrupção na ditadura. A ditadura ERA a corrupção!

General traiu Jango por dólares?

Postado por Juremir em 3 de novembro de 2013Uncategorized

O PREÇO DE KRUEL

Por Christopher Goulart

Vereador Suplente de Porto Alegre

O General Amaury Kruel se vendeu e traiu o Presidente Jango não por convicções ideológicas, mas sim por dólares americanos. Este é o teor da grave denúncia que o Instituto Presidente João Goulart recebeu do então Major do Exército Erimá Pinheiro Moreira, esclarecendo em detalhes as motivações que levaram o General a mudar de posição em menos de 12 horas e apoiar a tal “Revolução de 64”. Seu depoimento está postado no site http://www.institutojoaogoulart.org.br.

Amigo pessoal e compadre do Presidente Jango, o Comandante do II Exército em 1964 aparece na história brasileira e particularmente no período que envolve os bastidores do golpe civil-militar como um dos maiores traidores, entre tantos outros verdadeiramente subversivos que traíram Constituição Federal. A denúncia recebida e aqui divulgada contraria frontalmente àqueles que ainda hoje acreditam que a tal “redentora” tinha princípios patrióticos e nacionalistas. O dólar falou mais alto.

O denunciante Major Erimá, que servia no Hospital Geral de São Paulo em 31 de março de 1964 sob as ordens do então Comandante do II Exército, é hoje anistiado como Tenente Coronel Farmacêutico. Erimá era também proprietário de um laboratório farmacêutico particular, próximo ao hospital e da sede da Federação das Indústrias do Estado de São Paulo. Segundo ele, foi exatamente no seu laboratório particular que ocorreu o encontro entre as malas de dólares, o General Kruel, e Raphael de Souza Nochese, Presidente da FIESP na época. Os dólares seriam provenientes do Governo dos Estados Unidos e iriam diretamente para o bolso do General vendido.

O desfecho desta vergonhosa história? Kruel virou fazendeiro com as fazendas que comprou na Bahia e ingressou para a Reserva das Forças Armadas. Passados Cinqüenta anos do golpe civil-militar, tal denúncia será encaminhada à Comissão Nacional da Verdade para que a população brasileira conheça mais um dos detalhes vexatórios que constam por trás das cortinas que protegem a mentira.

Em nome da memória, verdade e justiça, nosso país precisa passar a limpo seu passado inglório. Ninguém desconhece que a história nos foi violentamente usurpada por quem se julgou vitorioso durante vinte e um anos. Porém, poucos sabem que estes mesmos “vitoriosos” nunca aprenderam a lição de Salvador Aliende, que nos ensina: “A história não se detém nem com a repressão nem com o crime”.

Juremir Machado da Silva – Blogs – Correio do Povo | O portal de notícias dos gaúchos

1 Comentário »

  1. […] See on fichacorrida.wordpress.com […]

    Pingback por Tio Sam USA dólares para comprar general golpista | EVS NOTÍCIAS. — 03/11/2013 @ 8:52 pm | Responder


RSS feed for comments on this post. TrackBack URI

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Crie um website ou blog gratuito no WordPress.com.

%d blogueiros gostam disto: