Ficha Corrida

22/06/2013

Meus 20 centavos sobre o pronunciamento da presidenta Dilma

Filed under: Dilma,Rede Globo de Corrupção — Gilmar Crestani @ 9:34 am
Tags:

22/06/2013 | Publicado por Renato Rovai em Geral

Foto de Dilma sendo interrogada na ditadura militar. Um pouco desse olhar poderia voltar à presidenta para governar o Brasil

Dilma fez um pronunciamento bastante razoável para o atual momento. Não foi um discurso que se possa definir de esquerda , mas dá indícios de que ela de fato sentiu o bafo quente das ruas. Se vier a ser implementado, o seu governo se deslocará da tecnocracia absoluta para algo mais participativo e democrático. Isso acabará deslocando-o para a esquerda.

O fato é que a presidenta não estava ouvindo o movimento social e achava que os resultados de pesquisas demonstravam que o brasileiro entendia que era correto  fazer um governo que, na sua opinião, estava ajeitando o Estado e construindo alicerces para um desenvolvimento econômico mais agudo nos próximos anos. Enganaram-se ela e todos aqueles que a assessoram e vivem dizendo “sim senhora” para tudo que a presidenta fala.

Uma boa parte da sociedade brasileira quer que o governo avance. E ao mesmo tempo outra parte quer que Brasil “change”. Equilibrar-se entre essas duas vertentes é praticamente impossível. Há interesses absolutamente contraditórios. O Brasil do avance iniciou o movimento da redução das passagens, mas nas últimas manifestações o Brasil do “change” passou a ganhar a pauta dos atos. A pauta deste Brasil do “change” é a da Veja e a da Globo. É a dos veículos de comunicação que o governo Dilma tanto insiste em apoiar com volumosos recursos públicos.

Mas o que há de avanço no discurso de Dilma:

– Dilma reconheceu a legitimidade das ruas e disse que vai chamar os movimentos para conversar e ouvi-los. E destacou a juventude. Isso é bom, mas não basta. Dilma pode avançar nessa proposta e pensar em criar conselhos abertos de participação virtual com representes reais eleitos nas redes para reuniões frequentes tanto com ministros como com ela. Seria o início de um governo aberto.

– Dilma disse que vai chamar os principais prefeitos e governadores para um conversa sobre investimentos na área social e a respeito de pensar um pacto da mobilidade urbana. Isso é bom para a lógica federativa e para a construção de políticas públicas integradas.

– Dilma aproveitou para defender os 100% do Pré-Sal para a educação, o que também é um recado direto ao Congresso Nacional.

– Dilma falou da lei de acesso a informação, que é um avanço. Mas que ainda precisa de mais instrumentos para ser melhor utilizada.

– Dilma (e não o Padilha) disse que o governo vai trazer médicos do exterior para melhorar o atendimento do SUS.

– Dilma falou da reforma política, algo mais do que necessário, mas também bastante polêmico. Só teremos uma boa reforma com povo nas ruas.

– Mas, Dilma não falou (como sempre) uma linha sobre ampliar a democratização nas comunicações. Neste caso, os movimentos sociais têm a obrigação de incluir esta pauta como necessária para que o Brasil avance. Até porque, se Dilma ouviu a voz das ruas, também deve ter ouvido o ruído dos meios tradicionais de comunicação. Em especial, da Globo, que está travando uma luta para encher as ruas com as suas pautas. E, se possível, gritando fora Dilma

Meus 20 centavos sobre o pronunciamento da presidenta Dilma | Blog do Rovai

Deixe um comentário »

Nenhum comentário ainda.

RSS feed for comments on this post. TrackBack URI

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Blog no WordPress.com.

%d blogueiros gostam disto: