Ficha Corrida

18/01/2013

Folha opaca

Filed under: Folha de São Paulo,Grupos Mafiomidiáticos,Saúde — Gilmar Crestani @ 7:58 am

fsp_18012012a

Fernando Haddad assumiu a prefeitura de São Paulo no dia primeiro de janeiro. Em dezoito dias a Folha abriu a caixa de pandora. Agora imagine uma manchete destas antes quando o prefeito ainda era o aliado da Folha. Quem será o idiota que vai acreditar que em dezoito dias haveria 661 mil pedidos represados?! De repente, a partir deste janeiro, a Folha voltou a se ocupar de São Paulo. Mas são da capital, porque no Estado, governado pelo parceiro Geraldo Alckmin, não há nada de errado. D. Judith Brito não brica em serviço…

Com os grupos mafiomidiáticos o jogo é bruto, do pescoço para baixo, dos adversários, é canela.

FOLHA TRANSPARÊNCIA

661 mil pedidos estão na fila do serviço médico na rede municipal

Na capital paulista, espera é de até 35 meses para realizar exame que diagnostica problemas nos nervos

Levantamento foi feito com base na Lei de Acesso à Informação; novo secretário estuda até fazer um mutirão

Juca Varella/Folhapress

Vildebrando, 69, e Maria José, 45, em AMA na zona sul de SP

Vildebrando, 69, e Maria José, 45, em AMA na zona sul de SP

TALITA BEDINELLIDE SÃO PAULO

Um paciente que chegar a uma unidade de saúde municipal de São Paulo com queixas de fraqueza nas pernas e dor lombar deverá demorar até 35 meses para descobrir as causas do problema e começar a tratá-lo.

É esse o tempo médio de espera para se realizar um eletroneuromiograma, capaz de fazer o diagnóstico de problemas nos nervos e músculos.

O exame é o que mais demora para ser realizado na cidade e tem 9.876 pessoas na espera para fazê-lo.

Os dados são de um levantamento solicitado à prefeitura pela Folha. O pedido, feito por sete meses, só foi liberado quando a reportagem acionou a Lei de Acesso à Informação -que obriga o poder público a divulgar dados.

Eles mostram que havia 660.840 pedidos de consultas, exames ou cirurgias na fila de espera dos equipamentos de saúde municipais em outubro de 2012, últimos dados disponíveis, segundo a Secretaria Municipal da Saúde.

Só para realizar uma ultrassonografia transvaginal, para o diagnóstico de câncer no ovário, eram 72.517 pedidos.

A última mulher a entrar na fila deve demorar seis meses para conseguir fazer o exame -isso porque a prefeitura consegue fazer, em média, 11.893 procedimentos desse tipo por mês.

O mesmo paciente pode aparecer mais de uma vez na lista, já que pode ter solicitado mais de um procedimento.

O novo secretário da Saúde, José de Filippi Júnior, admitiu a gravidade da situação e estuda até fazer um mutirão para agilizar o atendimento.

DESISTÊNCIAS

"Precisava de uma ressonância magnética e demorou seis meses", conta a aposentada Maria José Torres, 45. "Não tenho convênio. Enquanto aguardava, tive uma convulsão muito forte."

A espera é tanta que alguns pacientes chegam a desistir. Outros pagam do próprio bolso o exame. "Desisti e paguei R$ 35 em uma clínica particular", conta a faxineira Irene Pereira da Silva, 39, após seis meses de espera por uma ultrassonografia transvaginal.

A falta deste exame pode agravar a saúde de pacientes, diz José Antonio Marques, vice-presidente da Associação de Obstetrícia e Ginecologia de SP. "Tumores do endométrio e do ovário podem piorar muito nesses seis meses."

Para Mário Scheffer, professor do Departamento de Medicina Preventiva da USP, o ideal seria a prefeitura fixar prazos máximos de atendimento, como acontece nos planos de saúde.

Colaborou LEANDRO MACHADO

1 Comentário »

  1. […] Folha opaca […]

    Pingback por FICHA CORRIDA « FATOS & FOTOS — 18/01/2013 @ 12:29 pm | Responder


RSS feed for comments on this post. TrackBack URI

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Blog no WordPress.com.

%d blogueiros gostam disto: