Ficha Corrida

27/11/2012

Marcha ré com rima: Odair visto detrás é Riado…

Filed under: CPI da Veja,Policarpo Júnior,PT,Roberto Gurgel — Gilmar Crestani @ 9:33 pm

Cagão! É por isso toda hora tem uma anta cagando na cabeça dos petistas. E estes, como hienas, apenas riem. Até parece acometidos da Síndrome de Estocolmo.

Confirmado: Odair recua

:

Pressionado pela reação em bloco dos grandes meios de comunicação, relator da CPI do Cachoeira, Odair Cunha (PT-MG), disse que aceita retirar de seu texto os pedidos de investigação contra o procurador-geral da República, Roberto Gurgel, e de indiciamento contra o diretor da sucursal de Veja em Brasília, Policarpo Jr. O PT amarelou?

27 de Novembro de 2012 às 19:21

247 – Como 247 havia adiantado (relembre aqui), o relator da CPI do Cachoeira, deputado Odair Cunha (PT-MG), vai recuar para viabilizar a aprovação de seu relatório, cuja leitura já foi adiada três vezes. O petista disse nesta terça-feira que aceita retirar do texto pedido para que o Conselho Nacional do Ministério Público investigue o procurador-geral da República, Roberto Gurgel, assim como o pedido de indiciamento do diretor da sucursal da reista Veja em Brasília, Policarpo Jr.

Depois de três adiamentos, a leitura do relatório da comissão foi marcada para a manhã desta quarta-feira. "Se eles (membros da CPI) se comprometerem em manter o restante do relatório, eu posso abrir mão disso (presença de Gurgel e Policarpo no relatório). Essas duas questões são secundárias. O essencial que faço questão que seja mantido no relatório é o organograma da quadrilha", disse Cunha.

O relator havia incluído um pedido de investigação de Gurgel por considerar que o procurador demorou para investigar as relações entre o bicheiro Carlinhos Cachoeira e autoridades como o ex-senador Demóstenes Torres. Já o pedido de indiciamento de Policarpo decorre de gravações telefônicas que indicariam relação de ilegalidade com Cachoeira.

Negociações

O deputado segue negociando o conteúdo de seu relatório. Às 18h, ele se encontrou com parlamentares da base aliada para fechar a última versão do texto. Segundo o relator, há questões, contudo, que não são passíveis de negociação. Cunha disse que não abre mão de pedir o indiciamento de Fernando Cavendish, dono da construtora Delta. Ele também destacou que não vai incluir pedido para investigação dos governadores do Distrito Federal, Agnelo Queiroz (PT), e do Rio de Janeiro, Sérgio Cabral (PMDB).

Como não haverá tempo para imprimir as alterações que devem ser feitas até a sessão de amanhã da CPI, o que mudar será explicado verbalmente pelo relator. Segundo Cunha, se não houver acordo sobre das modificações, o relatório original será apresentado. Parte dos parlamentares do PMDB pressiona pela retirar do pedido de indiciamento de Cavendish, enquanto o PSDB se opõe ao pedido de investigação do governador de Goiás, Marconi Perillo (PSDB).

Confirmado: Odair recua | Brasil 24/7

Deixe um comentário »

Nenhum comentário ainda.

RSS feed for comments on this post. TrackBack URI

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Blog no WordPress.com.

%d blogueiros gostam disto: