Ficha Corrida

19/10/2010

Vaca é a mãe

Filed under: Cultura — Gilmar Crestani @ 9:59 pm
Tags:

vacaVaca parada é a mãe!

Não consigo entender que um estado tido por tradicionalista e cultivadores dos valores do campo, ligados à agropecuária, pudesse encampar uma estúpida campanha da vaca louca. O que essa patacuada tem a ver com cultura, só bosta de vaca sabe. Os apreciadores devem ter fumado baseado em cocô de vaca. Não é possível que se chegue a tão baixo nível de subserviência cultural para trocar as vacas que pastam na zona sul da Capital por estes mascotes do colonialismo cultural. Só uma pssividade bovina com lixo cultural permitem este pastoreio pelos parques e viadutos da capital.

Diante da pobreza cultural da exposição, não me espantaria se os patrocinadores, em conjunto com RBS, pusessem fogo ou sorrupiassem sob holofotes alguns dos objetos só para ganhar espaço na mídia.

A mesma elite política que vocifera contra as carroças e seus ocupantes que buscam ganhar a vida honestamente, limpando a cidade, patrocinam uma presepada indu de adoração às vacas.

Aliás, não sei porque me espanto, afinal nada mais natural que um monte de vacas vestidas de prostitutas na terra onde a Secretária de Cultura só sabe montar a cavalo. Mônica Leal deve ser a égua-madrinha desta exposição kitsch.

Deixe um comentário »

Nenhum comentário ainda.

RSS feed for comments on this post. TrackBack URI

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Crie um website ou blog gratuito no WordPress.com.

%d blogueiros gostam disto: