Ficha Corrida

19/05/2010

Judeus da RBS estão mordidos

Filed under: Cosa Nostra,PIG,RBS — Gilmar Crestani @ 9:01 pm
Tags:

Destaco em vermelho o foco da entrevista e a isenção jornalística do ariano Gerchmann, quando fala de Mahmoud Ahmadinejad: o homem que persegue mulheres e homossexuais, encarcera opositores, nega o Holocausto e prega a destruição de Israel. Ele, quando cita os EUA, não fala de Guantánamo, nem da Guerra do Iraque com base em informações falsas, tampouco do muro de Israel. Os falsos são assim! E Gerchmann é figurinha carimbada… pela i$senção!
Será que o “racista” Irã teria coragem de construir um muro separatista? Pelo que eu saiba, o Irã nunca invadiu outro país, nunca jogou bomba atômica contra nenhum povo e jamais construiu muros para segregar outras raças. Quem foi o país “democrático” do Oriente Médio, que barrou a entrada do também judeu Noam Chomsky, conforme o Haaretz?
Por acaso o foco da entrevista era o holocausto e os homossexuais? O que leva um jornalista perder o foco para manifestar tanto ódio?
O ódio é uma merda, não é Leo?!

Leo Gerchmann "roubou" a entrevista!

Leo Gerchmann "roubou" a entrevista!

Zero Hora | 19 de maio de 2010 | N° 16340
ENTREVISTA
Eles estão mordidos
Marco Aurélio Garcia, Assessor especial da Presidência

O assessor especial para Assuntos Internacionais da Presidência da República, Marco Aurélio Garcia, está bravo com os Estados Unidos e não nega. Até faz questão de deixar claro, pelo conteúdo do que diz e pelo tom da voz. Garcia prevê o isolamento americano por insistir nas sanções ao Irã e acusa a tentativa de minar as negociações brasileiras que levaram ao acordo nuclear envolvendo o país de Mahmoud Ahmadinejad, o homem que persegue mulheres e homossexuais, encarcera opositores, nega o Holocausto e prega a destruição de Israel. Sua tese é de que o pior seria encurralar o iraniano. Nesta entrevista concedida a Zero Hora por telefone desde Madri (onde acompanhava o presidente Lula), Garcia diz: o Brasil tomou uma iniciativa que deveria ter partido das potências internacionais. E isso as incomoda. A conversa ocorreu pouco antes da reunião do Conselho de Segurança da Organização das Nações Unidas (ONU) para examinar as sanções. Garcia, o principal conselheiro de Lula em assuntos externos – além do chanceler Celso Amorim –, começou a conversa dizendo que não queria falar. Mas falou. Confira:

Zero Hora – Como o sr. vê a iniciativa de levar ao Conselho de Segurança da Organização das Nações Unidas (ONU) um esboço de documento para sanções ao Irã imediatamente após Brasil e Turquia terem conseguido um acordo para destravar o impasse na questão nuclear iraniana?

Marco Aurélio Garcia – O governo americano está sendo criticado pela própria imprensa americana por não ter tomado essa iniciativa de negociação. Então, acho que é uma coisa meio complicada, porque vai ficar isolado na opinião pública. Hoje, o (Nicolas) Sarkozy (presidente da França), em nota, apoiou nossa iniciativa, a China deu uma nota apoiando, o Ban Ki-Moon (secretário-geral das Nações Unidas) disse que é um excelente passo que foi dado.

ZH – Mas a China não está apoiando o esboço que foi discutido ontem na ONU?

Garcia – Meu querido, leia a nota do Ministério das Relações Exteriores… (Relato sobre os elogios ao acordo de segunda-feira, que a China manteve, mesmo vindo, depois, a defender punição prevista ao Irã, conforme consta no texto ao lado.)

ZH – O sr. acha que os EUA ficaram mordidos com a iniciativa brasileira?

Garcia – Eles já estavam mordidos. Onde nós passávamos, os Estados Unidos haviam passado antes para desencorajar a iniciativa.

ZH – O recurso ao Conselho de Segurança é uma demonstração disso?

Garcia – Se os EUA optarem pela sanção, eles vão se dar mal. Vão sofrer uma sanção moral e política. Cabe aos EUA decidir se querem ou não um new deal com o Irã (“novo acordo” ou “novo trato”, em inglês, foi o nome dado à série de programas implementados nos EUA entre 1933 e 1937 , sob o governo do presidente Franklin Roosevelt, para recuperar e reformar a economia americana e assistir aos prejudicados pela Grande Depressão).

ZH – Há quem diga que o Brasil foi ingênuo e está sendo usado pelo Irã, que se aproveita para ganhar tempo, enriquecer urânio e fazer a bomba. O que o sr. diz disso?

Garcia – Ninguém pode dizer que nossa diplomacia é ingênua. O acordo não permite manipulações. Ou o Irã cumpre, ou não cumpre. Incomoda as potências que países emergentes cheguem a esse acordo. O Brasil estabeleceu a confiança, o que é importantíssimo.

ZH – Lula se comunicou com a pré-candidata do PT à Presidência, Dilma Rousseff, durante a elaboração do acordo?

Garcia – Falou com ela na noite de segunda-feira. Não falaram sobre o acordo, que ainda não havia sido efetivado.

LÉO GERCHMANN

4 Comentários »

  1. Esse Marco Aurélio tem raiva dos americanos…isso dá pra ver…só fala bem do Irã porque o Irã fala mau dos americanos.

    Comentário por Francisco Ricardo da Silva — 18/08/2012 @ 12:42 pm | Responder

  2. Nem judeu, nem plenamente sionista! Não sei se categorizar esta questão como judaica é a forma correta de tratá-la. Vejo como mais um estertor de um grupo de direita radical que participa do movimento sionista. Existe o movimento sionista socialista, para quem interessar possa…e dentro de Israel existem críticas às políticas do grupo político que partilha o poder…
    Cuidado com o campo minado!

    Comentário por mano lima — 20/05/2010 @ 1:36 am | Responder

    • É verdade. Hoje mesmo li que um grupo de radicais se manifestou contra as ocupações por colonos judeus de terras palestinas. Aliás, foi alguém pertencente a estes grupos radicais que matou Ytzhak Rabin. Isso não elimina o fato de que a RBS e seus funcionários atuam coordenamente a favor dos interesses israelenses e contra os demais povos. Qualquer povo! Sou casado com uma judia…

      Comentário por Gilmar Crestani — 20/05/2010 @ 1:58 am | Responder

      • Sim, isto é evidente. Só quis o esclarecimento para não te complicares…não comigo… mas com ‘eles’.

        Comentário por mano lima — 20/05/2010 @ 1:17 pm | Responder


RSS feed for comments on this post. TrackBack URI

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Crie um website ou blog gratuito no WordPress.com.

%d blogueiros gostam disto: